De acordo com informações fornecidas pelo jornal Extra, os policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), região metropolitana no Rio de Janeiro, apontaram Lucas dos Santos, de 18 anos, como um dos responsáveis pela morte do pastor Anderson do Carmo de Souza. O crime aconteceu no último domingo (15).

Lucas é um dos filhos adotivos da Deputada Federal e missionária evangélica Flordelis (PSD-RJ).

O jovem também afirmou às autoridades eu o crime foi cometido a mando de um dos seus irmãos, Flávio Rodrigues de Souza, de 38 anos, filho biológico de Flordelis.

Lucas e Flávio foram detidos na segunda-feira (16). A prisão de Flávio aconteceu ainda durante o sepultamento de Anderson e, inicialmente, foi decorrente de um mandato de prisão pendente referente ao crime de violência doméstica. Lucas, por sua vez, foi preso na ocasião em que prestou depoimento na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo e também tinha um mandato anterior contra ele, referente a tráfico de drogas, que foi emitido quando ele ainda era menor de idade.

Na ocasião em que Flávio foi preso, Flordelis ainda tentou argumentar contra o possível envolvimento de seu filho no assassinato do pastor Anderson. De acordo com ela, não havia a possiblidade de que ele estivesse envolvido no crime e considera-la seria ridículo.

Durante a prisão de Flávio, a deputada federal ainda ressaltou que seu marido foi assassinado durante um assalto, e que qualquer suspeita que recaísse sobre os seus filhos se tratava de algo que não poderia ser corroborado por provas. Ainda durante o sepultamento de Anderson, ela ressaltou que acreditava na teoria de latrocínio, e que o pastor veio a óbito defendendo a sua família.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Possível traição

Entretanto, a história parece ser um pouco diferente do que Flordelis acredita. De acordo com as informações fornecidas pelo Extra, o motivo para o assassinato do pastor foi uma traição que Anderson do Carmo teria cometido. Os filhos da deputada acreditavam que o pastor estava mantendo um relacionamento extraconjugal e, devido a isso, os filhos decidiram encomendar a morte do pastor.

Durante o seu depoimento, Lucas dos Santos acabou entrando em contradição ao descrever os fatos e, ao fim, acabou por confessar a sua participação no crime. Além de se entregar, o jovem também acusou o seu irmão Flávio de possuir participação no assassinato de Anderson. De acordo com Lucas, Flávio seria um dos mandantes do crime e ele, de fato, aparece em imagens de câmeras de segurança mostrada pelos policiais a Lucas.

A morte do pastor Anderson do Carmo de Souza foi noticiada pela assessoria de Flordelis, através da conta da deputada federal no Instagram.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo