O ator Rafael Miguel, de 22 anos, que ficou conhecido em todo o Brasil por seu papel como o personagem Paçoca, na novela "Chiquititas", do SBT, baseada na telenovela argentina criada por Cris Morena, em 1995, foi morto a tiros neste último domingo (9).

Rafael foi assassinado juntamente com seus pais, Miriam Selma Miguel, de 50 anos, e João Alcisio Miguel, de 52. De acordo com agentes do 98° Distrito Policial (DP), o suspeito do crime é o pai da namorada de Rafael, que não aceitava o namoro do ator com sua filha.

O suspeito foi identificado como sendo o comerciante Paulo Cupertino Matias, de 48 anos.

Ele está sendo procurado pela Polícia, que divulgou nesta segunda-feira (10) uma foto sua.

De acordo com nota oficial divulgada pela Polícia Civil, Rafael e seus pais foram à casa da namorada do ator, na Estrada do Alvarenga, no bairro da Pedreira, zona sul de São Paulo, para conversar com os pais da jovem sobre a relação entre os dois. Eles foram recebidos pela moça e a mãe dela. Depois, segundo a polícia, o pai da garota apareceu e atirou no ator e no casal.

Testemunhas relatam o caso

Vizinhos disseram que Paulo chegou atirando na direção da família, e, em seguida, fugiu.

Paulo já tinha passagem pela polícia por um roubo cometido no ano de 1990. Ele ficou detido por alguns meses e, posteriormente, recorreu em liberdade, mesmo tendo sido condenado a 2 anos.

De acordo com a polícia, ainda há outro boletim de ocorrência de furto contra o comerciante.

Homenagens

A namorada do ator postou nesta segunda feira (10) um texto de homenagem para Rafael e seus pais, no qual a garota disse estar fortemente impactada, a jovem disse que Rafael a fez sentir a mulher mais feliz do mundo e relembrou-se de momentos que viveu junto com o ator.

Ela também compartilhou fotos da última festa na qual esteve acompanhada de Rafael. O momento marcou o reencontro do casal depois de alguns meses.

Rafael e a namorada estavam juntos desde março de 2018, de acordo com as redes sociais de ambos. Os corpos das vítimas estavam no Instituto Médico Legal (IML) na manhã desta segunda-feira (10). Eles serão enterrados em São Paulo.

Fãs e amigos do ator, e de sua família, manifestaram-se nas redes sociais.

A atriz Carla Fioroni, com a qual Rafael havia contracenado em "Chiquititas", disse não entender os motivos que levaram ao assassinato do ator. A apresentadora Maisa escreveu uma homenagem para o ator em suas redes sociais, na qual disse que o ocorrido foi uma crueldade.

Giovanna Grigio, que também atuava com Rafael em "Chiquititas", demonstrou tristeza pelo ocorrido, afirmando em seu Twitter que o garoto era uma das melhores pessoas que ela havia conhecido desde criança.

Outros artistas também lamentaram a morte de Rafael, entre eles o ator Victor Aguiar, que disse que os "sets do céu" teriam recebido uma nova estrela.

A emissora na qual Rafael trabalhava também divulgou uma nota de pesar sobre a morte do ator, desejando conforto à família de Rafael neste momento de perda.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!