O ator José de Abreu e a novelista Gloria Perez trocaram farpas durante esse sábado (6), nas redes sociais, tudo por conta de comentários envolvendo um perfil na internet chamado Pavão Misterioso, que tem trazido prints de supostas conversas entre o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil, e seu marido, o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), que "herdou" o cargo após a renúncia de Jean Willis, também citado nas postagens.

"O sábado começou animado, com a volta do pavão", escreveu a novelista logo pela manhã. O ator não demorou muito para responder e fez referência a uma tragédia pessoal [VIDEO]vivida por Glória no começo dos anos 1990.

"Guilherme de Pádua e Gloria Perez apoiando o mesmo espectro político! Que tempos!", escreveu o ator, dizendo que o Brasil "está tão doido". Guilherme de Pádua é o assassino confesso de Daniela Perez, filha de Glória, em crime ocorrido em dezembro de 1992.

"Você é um canalha, não vou revidar lembrando sua tragédia pessoal", respondeu Glória afirmando ainda que iria bloquear o ator nas redes sociais. O ator ainda tentou se desculpar, dizendo que fez apenas uma constatação, sem querer ofender.

José de Abreu trabalhou em algumas obras da escritora Glória Perez, como a minissérie "Amazônia, de Galvez a Chico Mendes" (2007) e a novela "Caminho das Índias" (2009).

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Novelas

Filho do presidente entra na polêmica

Filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado Eduardo Bolsonaro também se manifestou e saiu em defesa da novelista. "Até onde vai a canalhice do ser humano?", questionou.

Ele disse ainda que lhe embrulha o estômago saber que José de Abreu tem um grande espaço na mídia e traçou um paralelo de como a imprensa reagiria se tal comentário fosse feito por um apoiador de seu pai.

"Por metade do que ele já fez um 'bolsominion' [como a oposição chama os apoiadores do presidente] seria capa de várias revistas tomando muita pancada!", escreveu.

O Pavão Misterioso

No sábado (6) a hashtag “opavaovoltou” ocupou o topo dos assuntos mais comentados no Twitter. O perfil anônimo que é um contraponto ao Intercept Brasil trouxe prints de supostas mensagens entre jornalistas do site, de Marcelo Freixo, do deputado David Miranda e do jornalista Greenwald. O perfil, criado no mês passado, já conta com mais de 128 mil seguidores.

A morte de Daniela

Em 28 de dezembro de 1992, a atriz Daniela Perez foi encontrada morta em um matagal com 18 tesouradas. Ela interpretava a personagem Yasmin na novela "De Corpo e Alma", escrita por sua mãe. O autor do crime foi o ator Guilherme de Pádua, que na mesma novela fazia Bira, par romântico de Yasmin.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo