A Polícia Civil divulgou mais informações sobre o assassinato de Thais Mara dos Santos Gomes, [VIDEO] de 23 anos, que foi morta na madrugada da última quarta-feira (3), em Primavera do Leste, a 239 quilômetros de Cuiabá, em Mato Grosso. Os sogros da vítima estão detidos suspeitos de terem cometido o crime.

De acordo com o resultado da perícia, a jovem foi esfaqueada 30 vezes e, antes de receber os golpes, foi asfixiada com um travesseiro [VIDEO].

O corpo foi encontrado por um vizinho e estava com uma faca cravada no braço e ao seu lado estava a filha da vítima, de apenas quatro meses, que não teve ferimentos.

Polícia prende suspeitos do crime

Na quinta-feira (4), a polícia prendeu Daniel Cirilo e Marta Moraes Alves, sogros de Thais, acusados do crime. O casal nega a autoria do assassinato, mas a polícia acredita que Marta foi quem planejou o crime e Daniel foi o executor.

Os dois se recusaram a falar durante o interrogatório. O juiz Alexandre Delicato Pampado, da Comarca de Primavera do Leste, pediu a prisão preventiva do casal.

Eles foram autuados em flagrante por homicídio e estão presos na cadeia de Primavera do Leste. Imagens de uma câmera de segurança registraram Daniel na residência da nora por volta das 4h. Celulares, roupas e carros usados pelos suspeitos serão periciados.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Mulher

Marta tentou conseguir abrigo na casa de uma amiga, que fica na cidade de Paranatinga, a 411 quilômetros de Cuiabá, alegando que a nora havia cometido suicídio e que ela estava sendo acusada por sua morte.

Na noite anterior ao crime, Thais chegou a dizer para um vizinho, o mesmo que encontrou o corpo horas depois, que estava sendo ameaçada pela sogra.

Outro caso de violência entre familiares em MT

Outro caso de violência envolvendo familiares foi registrado no Mato Grosso, na última quarta-feira (3), no município de Vale do São Domingos, que fica a 491 quilômetros de Cuiabá.

Um rapaz de 18 anos tentou matar o irmão e o padrasto de sua ex-Mulher. Ele foi contido por populares e amarrado até a chegada da polícia.

De acordo com a Polícia Militar, um rapaz, ao saber que sua mulher, uma jovem de 17 anos, não voltaria mais para sua casa e que ela queria terminar o relacionamento, foi até a casa onde ela estava, armado com uma espingarda e um revólver.

Ao perceber a chegada do rapaz, os familiares foram até ele para impedi-lo de chegar perto da jovem e ele passou a atirar para todos os lados.

O irmão da jovem foi atingido no pescoço e o padrasto nos braços. Quando a munição acabou, vizinhos detiveram o rapaz e o amarraram até a chegada da polícia. O acusado falou aos policiais que queria assassinar a jovem e se matar em seguida. O cunhado atingido no pescoço foi levado para um hospital e o padrasto teve ferimentos leves.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo