O bebê de dez meses que teve o crânio perfurado, pelo que a família acredita ser um prego, morreu na tarde desta quarta-feira (31). Ele estava internado em estado grave no Hospital Pedro II, na Zona Oeste do Rio de Janeiro e entrou em óbito por volta das 16 horas.

Wallace Martim dos Santos teve a cabeça perfurada por um objeto cortante na noite desta terça-feira (30). Fernanda dos Santos, mãe do menino, contou que a criança estava em seu colo dentro do carro, que estava estacionado na rua José Montenegro de Lima, em Paciência, quando escutaram um grande estampido.

Antes de atingir o bebê o objeto atravessou o vidro traseiro do carro.

Os pais do menino relataram ainda que o objeto que atingiu a cabeça do bebê se parecia com um dardo, usado para colocar gesso em construções. Perto de onde eles estavam havia uma obra, onde, segundo os pais, estava ocorrendo uma instalação de gesso. A Polícia foi até o local, mas não encontrou nenhum responsável. Uma radiografia mostrou o objeto alojado no crânio da criança.

“Ela [a mãe da criança] escutou o vidro do carro estalando. Quando olhou para a cabecinha dele estava sangrando”, disse Juliana Gutman, tia do menino, ao portal G1.

Os pais levaram a criança para uma Unidade de Pronto Atendimento de Paciência e depois encaminhada para um hospital. Por conta da região do cérebro que foi atingida, os médicos não conseguiram retirar o objetivo e saber exatamente o que era. A criança chegou a passar por uma cirurgia durante a madrugada.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Mãe fica em estado de choque

Após receber a notícia do falecimento do filho, Fernanda ficou em estado de choque. Alguns familiares, que estavam do lado de fora a espera de notícias sobre o estado de saúde da criança, recebeu a notícia pela própria mãe.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio e será investigado pelo 35º Departamento de Polícia (Campo Grande), que é a área onde aconteceu o caso.

Homem fica ferido após cair de parapente

Um homem foi hospitalizado na manhã desta terça-feira (30), após cair de parapente na mata do Parque da Cidade. De acordo com o homem, que não teve o nome revelado, ele percebeu que os freios não estavam funcionando e informou sobre o defeito a colegas que estavam no solo. Ele não chegou a cair no solo, ficando preso nas árvores e sendo resgatado de helicóptero.

Após ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros, o homem foi encaminhado ao Hospital Miguel Couto e de lá transferido para uma clínica particular, em São Gonçalo. De acordo com informações passadas por familiares, ele está estável e consciente.

Na semana passada, um homem, identificado como Gabriel Monteiro de Barros Patrocínio, de 31 anos, morreu após seu parapente bater contra as pedras.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo