Na última quarta-feira (21) a hashtag #PrayForAmazon esteve entre os principais assuntos comentados no Twitter. A tag não se popularizou somente no Brasil, mas também esteve entre os “trending topics” internacionais, chegando a render milhares de publicações.

Recentemente, graves incêndios aconteceram na região amazônica e chegaram também a se espalhar por outros biomas nacionais. Esses fatos fizeram com que diversas pessoas começassem a se mostrar preocupadas com a situação, levando-as a denunciar os incêndios por meio das redes sociais.

De acordo com informações do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), as imagens de satélite usadas por ele para monitorar focos de calor no Brasil, demonstraram que o número de incêndios em florestas cresceu em 83% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Dessa forma, é possível destacar que aconteceram ao todo 72843 queimadas somente esse ano. Em 2018, de janeiro a agosto, foram somente 39759.

Entre essas queimadas, é possível destacar que 52% aconteceram na Amazônia e os estados mais afetados pelos incêndios foram o Mato Grosso, o Pará e o Amazonas.

Redes sociais acusam Bolsonaro

Entre as pessoas que se afirmaram chocadas com a situação da Amazônia, está a cantora Elza Soares. Além dela, outras celebridades usaram as suas contas no Twitter para falar a respeito da situação.

Além de chamar a atenção de celebridades, a hashtag também provocou reflexões nos usuários da rede social e, questão, que chegaram a lembrar que as queimadas impactam também outras regiões do país.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Opinião

Diversos posts destacaram o que aconteceu em São Paulo nessa segunda-feira durante o período vespertino.

Como não poderia deixar de ser em uma situação como essa, alguns usuários das redes sociais procuram atribuir a culpa do que está acontecendo ao presidente da República Jair Bolsonaro, visto que o aumento nas queimadas após a sua posse foi significativo.

Quando questionado a respeito da situação da Amazônia, Bolsonaro afirmou que as ONGs podem ter culpa nos incêndios.

Para o presidente, o motivo para tal seria o fato de que essas organizações perderam a verba que possuíam anteriormente após o início de seu governo.

Embora Bolsonaro insistisse que não estava dando certeza e ressaltasse que nenhuma investigação estava acontecendo nesse sentido, o presidente repetiu em diversos momentos da sua fala que as Organizações Não Governamentais poderiam estar ligadas ao incêndio, chegando até mesmo a se referir aos representantes dessas organizações em tom pejorativo.

Os opositores de Jair Bolsonaro teceram críticas às falas do presidente a respeito das ONGs. É possível destacar o comentário do deputado federal Marcelo Freixo, que caracterizou o presidente enquanto cínico por ter feito tais afirmações baseando-se apenas em um palpite.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo