O homem de 30 anos que foi vítima de nove disparos de arma de fogo na noite desta terça-feira (17), em Canela, no Rio Grande do Sul, não era o alvo dos bandidos, de acordo com informações passadas pela Polícia Civil. Aldair Telles, que foi atingido no rosto, abdômen, ombro e perna, está internado em local não informado [VIDEO] e seu estado é considerado estável.

"Ele não era o alvo, era a pessoa errada", disse o delegado Vladimir Medeiros, que cuida do caso.

De acordo com a autoridade, o verdadeiro alvo dos atiradores era um homem que havia sido testemunha do assassinato de Victor Hugo de Athaydes, morto a tiros no último sábado (14), no bairro Vila Miná.

O delegado afirma que os suspeitos ao chegaram na casa da testemunha que seria o alvo, no bairro São Lucas, encontraram outra pessoa e abriram fogo. A polícia já conseguiu identificar cinco suspeitos, sendo que três deles são menores de idade. Thalles não tinha nenhuma relação com o caso do final de semana.

Crime do final de semana

Sobre o crime ocorrido no final de semana, dois suspeitos que foram detidos prestaram depoimento na segunda-feira (16), sendo que um deles permaneceu calado. Já o outro admitiu ter atirado em Victor Hugo, mas afirmou que agiu em legítima defesa.

Os dois detidos já eram investigados pela polícia por envolvimento no tráfico de drogas e já possuíam antecedentes criminais. Ainda de acordo com a polícia, o assassinato de sábado teria relação com uma discussão por ponto de venda de drogas em Canela. A vítima já tinha passagem por furto e tráfico.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Homicídios em Canoas

Em Canoas, região metropolitana de Porto Alegre, a polícia registrou dois homicídios em um intervalo de cerca de três horas. Os casos aconteceram na madrugada do último domingo (15), no bairro Guajuviras.

O primeiro deles foi registrado por volta da 0h30, quando uma mulher de 35 anos, que não teve o nome divulgado, foi morta a tiros dentro de sua casa. Ela foi atingida por vários disparos e encontrada caída em um dos quartos do imóvel.

A polícia informou que ela tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas.

Por volta das 3h, um rapaz morreu após dar entrada em um hospital com ferimentos provocados por arma de fogo. Segundo informações passadas pela polícia, ele foi baleado por volta das 2h30. Os dois casos estão sendo investigados pelas autoridades.

Também no domingo, mas pela manhã, um cadáver em avançado estado de decomposição foi encontrado na rua Martin Luther King, no bairro Mathias Velho.

A polícia descobriu o corpo através de uma denúncia, que informou ter visto o corpo em um valão. Os agentes, acompanhados do Corpo de Bombeiros e da perícia, foram até o local.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo