Uma jovem de 19 anos desapareceu após sair para comprar fraldas para sua filha no último final de semana. O desaparecimento ocorreu na cidade de Alumínio, Região Metropolitana de Sorocaba, no interior de São Paulo.

De acordo com informações passadas pela Polícia Civil, a jovem, identificada como Aline Silva Dantas, havia saído de casa por volta das 16h, no bairro Santa Luzia, onde mora com o marido e a sogra, no último domingo (8), para ir a uma farmácia, onde compraria fraldas para a filha de um ano e nove meses, e não retornou.

Com a demora do retorno da jovem, durante a noite, a sogra registrou um boletim de ocorrência dando conta do desaparecimento.

Os familiares informaram ao portal G1 que até o início da tarde desta segunda-feira (9) não havia notícias sobre o paradeiro da jovem.

O farmacêutico disse para a família que a jovem de fato esteve no local, porém, a compra não foi efetuada por conta de problemas com seu cartão e ela teria voltado para casa. No entanto, desde então não foi mais vista.

Familiares disseram à polícia que Aline não é usuária de drogas e também não consome bebidas alcoólicas. Também foi descartado qualquer desentendimento familiar e, de acordo com sua sogra, ela mantém relação harmoniosa com o marido.

Foi informado ainda que a jovem saiu de casa apenas com a roupa do corpo. Ela não carregava documentos e aparelho celular e estava usando um vestido azul. “Ela saiu só com o cartão do banco”, disse a mãe da jovem em entrevista concedida à TV Tem, afiliada da Globo na região.

Vídeo registra jovem na farmácia

Imagens da câmera de segurança da farmácia onde Aline havia ido comprar fraldas para a filha registram a jovem por volta das 16h deste domingo. Na gravação a jovem aparece descendo uma rua em direção ao estabelecimento, que fica no bairro Vila Pedágio. Ela se dirige até o balcão e fica por lá por cerca de quatro minutos.

De acordo com o farmacêutico ela tentou usar o cartão, mas como a compra foi recusada, ela deixou o local e voltou para a rua. O trajeto ente a casa da jovem e a farmácia dura cerca de 20 minutos.

A família informou que o caminho entre a casa e a farmácia pode ser feito por dois trajetos, sendo que um deles passa por uma extensa área de mata. Por conta disso, a delegada que cuida do caso já solicitou cães farejadores para auxiliar nas buscas e pedirá um levantamento para saber se outra pessoa tentou usar o cartão da jovem.

Amigos dizem que ela sai pouco de casa, geralmente para ir à igreja, e que não costuma andar desacompanhada. A sogra e o marido de Aline seriam chamados para depor na delegacia ainda nesta segunda-feira (9).

Vários moradores da cidade estão mobilizados em localizar a jovem e várias fotos foram compartilhadas nas redes sociais. Os familiares pedem que se alguém tiver notícias sobre Aline que entre em contato com a polícia.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!