Na manhã desta terça-feira (15), houve o desabamento de um prédio residencial de sete andares e 14 apartamentos, no Bairro Dionísio Torres, área nobre de Fortaleza [VIDEO], no Ceará. Até às 15h, um corpo havia sido retirado dos escombros e oito pessoas foram resgatadas com vida, dentre elas uma senhora de 72 anos de idade, outra de 60 e um jovem de 20.

O desabamento ocorreu por volta das 10h30 e foi flagrado por uma câmera de segurança.

Testemunhas relataram que haviam pessoas dentro do edifício. Uma ex-moradora do local relatou que a construção tinha mais de 40 anos e estava passando por reformas.

De acordo com portal G1, imagens feitas por moradores antes do desabamento revelaram problemas nas estruturas e algumas imagens mostram as pilastras com ferragens expostas. De acordo com o engenheiro Victor Frota Pinto, presidente da Academia Cearense de Engenharia, em entrevista ao UOL, a suspeita é que o desabamento tenha sido provocado pelo rompimento das pilastras. "Ele caiu inteiramente na vertical, e isso é um indicativo de problemas de estrutura de pilastra", disse.

Os feridos

A primeira pessoa resgatada foi Fernando Marques, de 20 anos. Os outros feridos que foram identificados até o momento são: David Sampaio, estudante de 22 anos que sofreu escoriações e foi encaminhado a uma clínica particular, Cleide Maria da Cruz Carvalho, de 60 anos, que teve ferimentos pelo corpo e seu estado é considerado estável.

O caso mais grave que já se tem conhecimento é o de Antônia Peixoto Coelho, de 72 anos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

Gilson Gomes, 53 anos, foi resgatado de um comércio que fica ao lado do prédio. Pessoas que passavam na rua também acabaram sendo atingidas e se machucaram.

Cães farejadores estão sendo usados para tentar localizar mais pessoas debaixo dos escombros. Familiares dos desaparecidos fizeram uma lista com o nome de pelo menos dez pessoas que ainda não haviam sido localizadas.

Selfie debaixo dos escombros

Um dos ocupantes do edifício que desabou usou as redes sociais para mostrar que estava vivo, mesmo ainda estando preso aos escombros.

Para tranquilizar seus familiares, o estudante de arquitetura David Sampaio fez uma foto de si mesmo e enviou para um grupo de WhatsApp.

Ele foi a oitava pessoa, de um total de nove, além de um cachorro, resgatada com vida pelo Corpo de Bombeiros até as 16 horas. Ainda não foram passadas mais informações dando conta de seu estado de saúde. De acordo com o G1, Albertine Felipe, primo de David, quando soube do desabamento, desconfiou que se tratasse do prédio do parente e logo depois viu a mensagem no grupo na qual o estudante dizia que estava bem e tinha apenas alguns arranhões.

"Ele foi logo me falando que ele tava bem que só tinha sofrido arranhões", disse.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo