A modelo Bruna Reis Figueredo teve seu título de Miss Mato Grosso caçado na última sexta-feira (25) pela organização do concurso após zombar de um homem que entregava comida com uma bicicleta.

Tudo começou com um vídeo postado pela mulher em suas redes sociais. Nele a modelo estava zombando de um rapaz que fazia entrega de comida usando uma bicicleta.

No vídeo em que Bruna zomba do rapaz, ele está de bicicleta a caminho de uma entrega, na frente do carro em que ela estava.

No vídeo, a miss ironiza e diz que está ruim para ela e para os outros, mas para o entregador está pior. Ela diz no vídeo que a comida chega atrasada porque o entregador além de estar de bicicleta estar na marcha lenta.

Os organizadores do concurso resolveram caçar o título da Miss Mato Grosso porque ela teria ferido os princípios que regem o concurso de beleza.

A organização de concursos resolveu soltar uma nota oficial na qual repudia a atitude da Miss Mato Grosso.

Ainda disse que ao assumir a coroa a Miss se comprometeu a ter uma conduta correta até o fim de seu mandato. Finalizaram dizendo que sente pelo ocorrido e que reafirmam a seriedade dos concursos de Miss.

Bruna não foi a única miss a perder o título

Assim como Bruna, a miss Veronika Didusenko, com 23 anos, perdeu sua cora na Ucrânia no ano passado (2018). O motivo de Veronika não foi grave como o da Miss Mato Grosso.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Fofocas

Na Ucrânia, mulheres com filhos e que já tenham sido casadas não podem competir no concurso de Miss. Veronika Didusenko perdeu o título por mentir sobre sua vida pessoal na ficha de inscrição, ela escondeu que tinha um filho de 4 anos e um ex-marido.

Após a descoberta, a organização do concurso de Miss Ucrânia decidiu tirar o título de Veronika e ela foi substituída no Miss Universo, que aconteceu na China em dezembro de 2018.

Veronika Didusenko tem mais de 28 mil seguidores em seu Instagram, ela ainda usa como foto de perfil a foto do momento da coroação, mesmo tendo seu título invalidado, ela ainda mantém na descrição da rede social: Miss Ucrânia 2018, desclassificada para o Miss Universo por ser mãe.

Muitos países tinham regras como as da Ucrânia para o concurso de Miss. Mas felizmente, no ano de 2013 vários países, como o Reino Unido, resolveram abolir a regra que diz que mães e mulheres que já foram casadas não podem se qualificar para competir pelo título de Miss.

Na época do abolimento da regra, a organização de Miss do Reino Unido disse que no século XXI ser mãe ou esposa não interfere na carreira de sucesso das mulheres, e que todas as mulheres podem ser um exemplo positivo para as outras pessoas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo