Nesta sexta-feira (29), o PROCON-SP notificou o Burger king e o McDonald’s a apresentarem os motivos pelos quais os sistemas das promoções de Black Friday não estarem funcionando conforme as propagandas expostas nas redes sociais. A publicidade divulgada trás promoções e ofertas aos consumidores de fast food, porém para aderir era necessário fazer o pagamento pelo aplicativo do Mercado Pago.

A propaganda veiculada informou ao consumidor que suas compras deveriam ser pagas pelo Mercado Pago, que geraria um cupom de desconto para fazer a retirada com o desconto.

Contudo, várias lojas da rede não estavam fornecendo os descontos prometidos.

Equipes de fiscalização do PROCON verificaram tal situação e solicitaram via rede social que as empresas de fast-food prestassem esclarecimentos.

De acordo com a publicidade o consumidor só teria acesso a promoções e ofertas, caso a compra fosse paga via aplicativo. Contudo, foi detectado pela fiscalização que o sistema estava inoperante. Portanto, vários consumidores não conseguiram adquirir o lanche pelo valor ofertado causando assim constrangimento aos mesmos.

Além da equipe de fiscalização ter constatado, nas ruas, que o sistema estava inoperante, vários internautas reclamaram no Facebook e Twitter da indisponibilidade do aplicativo parceiro da rede de fast food. No Twitter vários internautas reclamaram da situação.

Outro chamou a Black Friday da Mc Donald de fraude.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Fofocas

Nota de esclarecimento

Em nota, as três empresas (McDonald’s, Mercado Pago e Burger King) esclareceram que devido à alta procura nessa Black Friday o sistema de pagamento sofreu instabilidade ficando inoperante.

Mas afirmou que seu compromisso é o de oferecer serviços de qualidade e que por isso manterá as ofertas.

Ainda, destacou que existem várias outras ofertas disponíveis no aplicativo da McDonald’s e que devido a essa instabilidade o pagamento poderá ser feito por diversos meios, incluindo os restaurantes participantes.

Já o Mercado Pago escreveu uma nota, em particular, afirmando que as transações de pagamento pelo código QR continua em funcionamento junto às redes parceiras que aderiram à campanha da Black Friday e que foram escalados mil pessoas para ir até as lojas nesta sexta-feira (29) para esclarecer dúvidas e fornecer suporte aos vendedores e compradores.

Apesar dos esclarecimentos as empresas ainda estão passíveis de sofrer o processo e ser incumbidas de pagar multas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo