Na noite da última terça-feira (11), um homem foi detido por assaltar dois pontos comerciais e manter como refém um motorista de aplicativo durante a execução dos assaltos. O crime aconteceu em São José dos Campos, no interior de SP, e o suspeito não agia sozinho. Entretanto, outros dois homens conseguiram escapar antes de ser apreendido pela Polícia.

Tudo aconteceu por volta das 17h de terça-feira, de acordo com informações fornecidas pelo portal G1. Na ocasião descrita, Denis da Silva, o motorista, recebeu um pedido de corrida a partir do bairro Vila São Paulo.

Uma vez que Denis chegou no endereço, o suspeito se apresentou como o cliente que solicitou a corrida e entrou no carro.

Pouco depois, ele sacou uma arma e ordenou que Denis dirigisse até uma rua mais afastada.

Nessa rua, outros dois homens entraram no veículo e tiraram o cadarço do tênis do motorista, que foi usado para amarar as suas mãos. Depois disso, Denis da Silva foi obrigado a se encaminhar para o porta-malas do veículo e foi trancado pelos homens. De acordo com o G1, ele chegou a passar 4 horas preso.

Antes ainda de prender o motorista no bagageiro do carro, os bandidos fizeram ele desligar o aplicativo de corridas do seu celular e retiveram o aparelho. Além disso, a aliança de Denis também foi recolhida pelos bandidos durante a prática do crime.

Outros crimes

Após adquirirem plenos poderes do veículo da vítima, os bandidos seguiram até o bairro Galo Branco.

Nessa área de São José dos Campos, eles assaltaram um pequeno mercado e uma lan house.

O dono do estabelecimento, Alan Edson Marinho, em entrevista ao G1, afirma que estava se preparando para fechá-lo quando foi abordado pelos bandidos. De acordo com Marinho, os demais funcionários estavam na parte da frente do ponto comercial e um dos bandidos estava armado entre os dois que desceram do carro.

O último permaneceu no veículo.

Somente no mercado de Alan Marinho, os criminosos conseguiram roubar por volta de R$ 300 do caixa e também o aparelho celular de um dos funcionários.

Após terminar a ação no bairro Galo Branco, os bandidos seguiram para o Vila Tatetuba. Nesse local, o carro de Denis foi abandonado por eles e os homens tentaram realizar a sua fuga a pé.

Contudo, um deles acabou sendo interceptado pelas autoridades e preso. Os demais escaparam.

Depois de prender o criminoso, as autoridades fizeram a verificação do carro e encontraram vários itens roubados, que vão desde aparelhos de TV e celular até roupas. Na ocasião, os policiais também escutaram os gritos vindos do porta-malas e libertaram Denis.

O suspeito apreendido foi encaminhado para o 1º Distrito Policial. No local, as vítimas fizeram o reconhecimento, e ele segue encarcerado enquanto espera por sua audiência de custódia.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Tecnologia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!