Na tarde desta última quarta-feira (19), um avião acabou caindo em cima de um depósito em Guarapari, no Espírito Santo. Estavam embarcados na aeronave apenas o piloto do avião e um passageiro no momento da queda.

O passageiro em questão era Fabiano Luiz Gonçalves, que morreu no local onde o acidente aconteceu, e o piloto era Luciano Ferreira de Souza, que foi socorrido com queimaduras e levado para um hospital na Serra, mas também não resistiu aos ferimentos do acidente e acabou morrendo.

Motivo de queda da aeronave

Após a queda, o avião ficou em chamas no local. O acidente aconteceu por volta das 15h40 desta última quarta-feira (19), na Praia do Morro, próximo do Aeroporto Municipal de Guarapari, local onde o avião acabou caindo.

O tenente-coronel do Corpo de Bombeiros concedeu uma declaração, na qual ressaltou que aconteceu uma destruição completa da aeronave e que somente o motor e trem de pouco que puderem ser identificados.

Em relação a isso, agora é necessário que seja preservado o ambiente onde o acidente aconteceu para que os exames de perícia sejam feitos para conseguir concluir o que motivou o acidente em questão.

Testemunhas comentam

Testemunhas que estavam próximas ao local contaram que o motor da aeronave aparentemente apresentou um problema em meio ao voo, e que o piloto tentou até mesmo fazer uma curva para poder retornar para o local de onde ele partiu, mas, que em meio a tentativa, acabou caindo em cima do depósito, e logo em seguida a aeronave ficou em chamas.

O depósito onde a aeronave caiu pertence a uma empresa de material de construção.

As testemunhas contaram que no momento em que aconteceu a queda do avião não tinha ninguém dentro do depósito. O imóvel agora está sendo analisado pela Defesa Civil para saber se foi comprometido por causa do acidente.

O dono da empresa, Tiago Taves, alegou que estava no escritório, e já estava saindo quando escutou o barulho do avião caindo. Quando ele retornou ao local, viu que era um avião que havia caído em cima do depósito.

Tiago ainda ressaltou que as pessoas que estavam no momento ficaram em pânico, pois a aernova bateu na porta do escritório de seu tio, e ele precisou sair do local pela janela. O tio do dono da empresa, para conseguir deixar o local precisou arrombar a janela para descer pelo telhado. Ele ainda contou que tudo aconteceu de uma forma muito rápida, e que os barulhos foram ouvidos e depois veio a explosão.

O Corpo de Bombeiros foi chamado para o local para socorrer os ocupantes da aeronave que foram levados para o Hospital Jayme Santos Neves, que fica na Grande Vitória. A Prefeitura e Guarapari disse que as equipes da Secretaria Municipal de Postura e Trânsito (Septran) e também a Defesa Civil foram até o local para atender a ocorrência em relação ao acidente aéreo.

Não perca a nossa página no Facebook!