Continua internada [VIDEO], em estado grave, no Hospital São Lucas, a criança de seis meses que levou um choque ao pegar um carregador de telefone celular que estava conectado na tomada. O caso aconteceu na semana passada, no Bairro Jaime Seiti Fujii, em Lucas do Rio Verde, cidade que fica a 360 quilômetros de Cuiabá, em Mato Grosso.

Ela sofreu queimaduras em diversas partes do corpo e, de acordo com a unidade de saúde, seu estado é estável, mas não existe previsão de alta médica. Ela está com uma frequência respiratória e cardíaca muito baixa.

Teria colocado fio na boca

De acordo com informações passadas por familiares, o menino estava dormindo em um colchão colocado no chão e ao seu lado havia um telefone celular com carregador ligado na tomada. A suspeita é que a criança tenha acordado, pegado e fio e levado-o à boca.

Desacordada, a criança foi socorrida pelos avós e levada até a Unidade Básica de Saúde, onde recebeu os primeiros atendimentos. “Ele tinha uma lesão na mão e no rosto”, disse o médico Heleno Strobel Rosa, que prestou atendimento.

“Provavelmente o choque entrou pela mão e saiu pelo queixo”, seguiu o médico, dizendo que a criança chorava muito.

No local foram feitos curativos e, por haver muito líquido na garganta da criança, foi realizado um procedimento de aspiração. De lá ela foi encaminhada até o Hospital São Luiz, onde segue internada.

Médico faz alerta

O médico ainda fez um alerta aos pais para que tomem cuidado com as crianças em casa.

Ele lembrou que é comum após o celular terminar de carregara o carregador ficar conectado à tomada com a outra ponta do fio sem nada e que quando o aparelho estiver sendo carregado, deve-se deixá-lo fora do alcance das crianças.

“Quando o celular terminar de carregar, o carregador deve ser tirado da tomada”, disse.

Menor atropela cinco com caminhonete furtada

Um adolescente que estava ao volante de uma caminhonete furtada atropelou cinco pessoas na madrugada desta terça-feira (25), na cidade de Sorriso, no Mato Grosso.

De acordo com a Polícia, o acidente aconteceu na avenida Blumenau, no Bairro Jardim dos Ipês, após o adolescente perder o controle do veículo.

Minutos antes o veículo havia sido furtado de uma casa que fica nas proximidades. Os ocupantes da caminhonete fugiram logo após o atropelamento, mas após realizar buscas pela região, a polícia localizou um deles. Ele negou que estivesse dirigindo o automóvel furtado.

Danificado, o carro foi achado em uma rua próximo ao Horto Florestal. As vítimas, uma dela com fratura na costela, foram levadas ao Pronto Atendimento da cidade. Três já receberam alta médica e outras duas seguem internadas.

Não perca a nossa página no Facebook!