O Carnaval paulistano registrou mais uma grave ocorrência na tarde desta terça-feira (25), quando duas pessoas foram baleadas durante a passagem do bloco Latinha Mix, na rua Henrique Schaumann, nas imediações do Cemitério São Paulo, em Pinheiros.

A Polícia Militar informou que foi até o local atender a um chamado dando conta de uma “briga generalizada”. Os dois feridos, sendo uma mulher e um homem, foram encaminhados ao Pronto-Socorro Saboya, na zona sul da capital.

De acordo com informações passadas pela rádio Mix FM, o tumulto começou por volta das 14h, um pouco antes da apresentação do DJ norte-americano Diplo.

Ele estava em cima de um trio elétrico e precisou ser retirado às pressas do local. Ele era uma das atrações surpresas da festa e uma hora antes havia publicado em suas redes sociais vídeos das pessoas se divertindo na rua.

Por conta do tumulto e do tiroteio, o bloco Latinha Mix foi mais um que teve que encerrar suas atividades antes do horário previsto.

Outras ocorrências

No domingo (23), um bloco carnavalesco do jogador do São Paulo Daniel Alves teve que também encerrar suas atividades mais cedo por conta de tumultos e arrastões.

Um das atrações do bloco era o cantor Seu Jorge, que lamentou o ocorrido. “Que pena que está tendo muita briga. E, com briga, a gente não consegue continuar”, disse o artista.

O MinhoQueens também teve que terminar mais cedo por conta de tumulto que deixou uma pessoa esfaqueada na tarde do último sábado (22), no centro de São Paulo.

Na segunda-feira (24), pelo menos quatro pessoas foram esfaqueadas na cidade durante a passagem de blocos.

Um dos casos foi na região central durante a passagem do bloco Domingo Ela Não Vai, quando um homem de 39 anos foi esfaqueado por uma mulher trans e outros dois homens durante uma tentativa de assalto.

Mais tarde, na rua Teodoro Sampaio, em Pinheiros, três pessoas foram esfaqueadas durante uma briga generalizada em um bar.

A polícia informou que durante o final de semana 333 pessoas foram detidas. Uma deles havia atacando um motorista com uma faca.

Cinco baleados na semana passada

Na semana passada, cinco pessoas foram baleadas durante a passagem de um bloco de pré-Carnaval na avenida Luís Carlos Berrini, na zona sul da cidade. De acordo com informações passadas pela Secretaria de Segurança Pública, um policial civil teria reagido a uma tentativa de assalto.

Uma testemunha relatou que um homem tentou puxar a corrente do policial, que reagiu abrindo fogo. Um dos disparos atingiu a perna de uma mulher e outro tiro acertou uma jovem. O suspeito também teria sido atingido.

Imagens feitas por telefones celulares mostram as mulheres caídas no chão recebendo atendimento.

Não perca a nossa página no Facebook!