Um homem de 42 anos foi preso na madrugada desta quinta-feira (28), em Erechim, no Rio Grande do Sul, suspeito de ter matado seu enteado, de apenas dez meses, na noite anterior. De acordo com informações passadas pela Polícia, o bebê foi agredido na cabeça e um laudo preliminar apontou a causa da morte como asfixia mecânica.

Em depoimento dado à polícia, a mãe da criança, de 31 anos, disse que havia deixado oi filho na casa, no bairro Aeroporto, para ir buscar leite com conhecidos. Já o suspeito rebate a versão e diz que na verdade a companheira havia saído para comprar entorpecentes.

Roberto Lukaszewigz, delegado responsável pelo caso, disse que quando a mulher retornou encontrou o homem em frente de casa transtornado.

Ela o questionou sobre o filho e ele respondeu que a criança estava dormindo, mas não queria que ela a visse.

O delegado disse ainda que quando a mulher chegou no quarto viu a criança toda tapada e ao retirar a cobertura de cima notou que ela apresentava vários ferimentos na cabeça. A mãe então saiu correndo em busca de ajuda e vizinhos levaram o bebê para o hospital, mas ele já estava sem vida.

Usuários de entorpecentes

De acordo com Lukaszewigz, tanto a mãe da criança quanto o suspeito são usuários de drogas. O homem foi preso em flagrante e responderá por homicídio qualificado. Durante seu depoimento negou ser o autor das agressões e afirmou que havia saído junto com a companheira para comprar entorpecentes.

A mulher, por sua vez, admitiu ser usuária de drogas, mas negou a versão dada pelo companheiro, de que ele havia saído junto para comprar drogas. A polícia busca por câmeras de segurança que possam ajudar a esclarecer os fatos. O suspeito já tem passagens pela polícia por agressão familiar, mas de outra família que teve.

A criança era o sétimo filho da mulher e, de acordo com o delegado, os outros são com pais diferentes que foram dados para adoção ou morreram. Na casa onde aconteceu o crime, morava apenas ela, o suspeito e a criança que morreu.

O casal está junto há um ano e meio e havia se mudado dá cerca de dois meses de Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre, para Erechim, no norte do estado.

Dois morrem em acidente na BR-386

Duas pessoas morreram em um acidente no KM 359 da BR-386 ocorrido na manhã desta quinta-feira (28), na altura da cidade de Estrela, no Vale do Taquari.

De acordo com informações passadas pela Polícia Rodoviária, um Fiat Uno, com placa de Estrela, que trafegava sentido Interior-Capital, invadiu a pista contrária e bateu frontalmente em um caminhão com placas de Novo Hamburgo.

As vítimas fatais são um homem de 31 anos e uma mulher de 28, que estavam no carro e morreram no local do acidente. Já o caminhoneiro foi encaminhado ao hospital de Estrela, com lesões leves.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!