Três anos após acusação de ter agredido a ex-mulher, Poliana Bagatini, o cantor Victor Chaves, de 45 anos, que fazia dupla com o irmão Leo, resolveu quebrar o silêncio e falar de uma vez por todas a respeito do acontecimento que tomou uma grande repercussão nas redes sociais após ter sido divulgado.

O episódio em questão aconteceu em 2017, na cidade de Belo Horizonte. Diante do ato, Victor foi condenado em primeira instância no último mês de novembro a 18 dias de prisão em regime aberto. O artista recorreu da decisão.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, publicada nesta última terça-feira (23), Victor conta que chegou até mesmo cogitar tirar a própria vida, devido a todo escândalo que aconteceu com o seu nome, envolvendo agressões que foram atribuídas a ele.

Logo depois deste período em que ficou em silêncio, Victor confessou que quase acabou tirando sua vida, em decorrência de tudo que aconteceu. "Fiquei sem chão. Na mídia, antes me retratavam como um ser perfeito, o que nunca fui. Depois, você vira um monstro, o que também não é. Vivi uma dor tão grande que só dormia e tocava. O que me salvou foi a arte", contou o cantor à Folha.

Após a denúncia que foi feita contra ele, Victor chegou a viajar para Uberlândia, em Minas Gerais, para poder pensar mais a respeito de como ficaria o futuro da dupla que mantinha com seu irmão, Leo Chaves. Ele conta que, ao chegar na cidade, acabou tendo que lidar com um verdadeiro caos psicológico e emocional, devido ao momento que estava passando.

Victor classifica momento como 'caos psicológico'

Ele conta que seis dias após tudo vir à tona, ele acabou cogitando tirar sua vida, mas que não iria falar em detalhes a respeito da situação toda nem mesmo agora.

A respeito da situação toda que passou, o sertanejo chegou a declarar que ficou sem chão diante das acusações que foram feitas contra ele e tudo que isso desencadeou.

De 2017 até a sua condenação, Victor viu a sua vida inteira desmoronando, e logo quando a condenação saiu ele soube que precisaria cumprir prisão em regime aberto.

Além disso, ele também foi sentenciado a pagar R$ 20 mil para Poliana, como forma de indenização devido aos danos morais causados na ex-mulher, além é claro de ter custeado todo o processo que foi movido por ela contra ele.

Siga a página Famosos
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!