Uma carreata feita por uma empresa funerária na manhã do último sábado (21), em Nobres, cidade que fica a 151 quilômetros de Cuiabá, em Mato Grosso, acabou virando caso de Polícia. Revoltados com o que acreditavam ser oportunismo da empresa, um grupo de moradores ameaçou os motoristas e danificou dois veículos.

Para divulgar a inauguração de uma nova unidade na cidade, a empresa promoveu uma carreata, com direito a rojões pelo trajeto. No entanto, isso despertou a indignação dos moradores, que acusavam a funerária de estar se aproveitando da situação de pandemia. Eles mesmos divulgaram um vídeo nas redes sociais para protestarem contra a empresa.

“Estão fazendo festa com a desgraça dos outros”, esbravejou uma mulher que aparece no vídeo divulgado. “Nós vamos queimar o carro de vocês”, ameaçou outro morador.

De acordo com a empresa, os funcionários que faziam a carreata foram atacados e ofendidos verbalmente pelos moradores. Dois veículos tiveram os retrovisores e para-brisas danificados. Após a chegada da polícia, um dos moradores se comprometeu a arcar com os reparos.

Uma mulher e quatro homens foram levados para a delegacia após a confusão.

Empresa se defende

Um funcionário, que se apresentou como assessor da empresa, disse que foi agredido com pauladas. Ele negou que a funerária estivesse fazendo sua promoção e festejando a pandemia no novo coronavírus.

“Isso não é verdade. Estamos aqui para trabalhar, divulgando o serviço dessa empresa”, se defendeu.

A empresa funerária pivô da confusão negou que tivesse ofendido os moradores com a carreata e negou que ela fosse para promover sua inauguração. Segundo eles, os veículos estavam retornando de um ponto turístico da cidade.

No entanto, de acordo com reportagem do jornal Estado do Mato Grosso, na semana passada a empresa divulgou um vídeo nas redes sociais convidando a população para a inauguração de sua nova unidade.

De forma muito alegre, o locutor do vídeo questiona quantos dias faltam para a inauguração. “Três dias”, respondem duas entusiasmadas funcionárias.

O entusiasmo e o clima festivo do vídeo geraram críticas nas redes sociais, muito em razão do momento que o país atravessa, com mais de 50 mil mortes.

Casos em Mato Grosso

De acordo com dados divulgados pela secretaria de Saúde neste domingo (21), o estado do Mato Grosso já contabiliza 9.776 casos confirmados do novo coronavírus, sendo 515 novos nas últimas 24 horas. O número de óbitos em decorrência da Covid-19 chegou a 370.

Cuiabá, com 2.601 casos confirmados, Rondonópolis (826) e Várzea Grande (785) são os municípios mais atingidos. A taxa de ocupação das UTIs está em 81,3% e em 22,4% para enfermarias.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!