A pandemia do novo coronavírus, que trouxe como consequência o isolamento social popularizou as apresentações de artistas, famosos e anônimos, ao vivo pelas redes sociais. As chamadas lives. Por se tratar de um evento ao vivo, os cantores estão sujeitos a imprevistos técnicos ou de outra natureza.

Mas nenhum desses imprevistos viralizou tanto nos últimos dias como o do pônei que simplesmente decidiu levar o cantor embora da live, que durou apenas alguns segundos, mas o suficiente para cair no gosto dos internautas. Ela até foi batizada como a “live mais rápida de todos os tempos”.

Mas já foi?

Tudo começou quando o cantor Flávio Brasil, morador do Planaltina, no Distrito Federal, decidiu fazer uma live beneficente na última terça-feira (9).

Mas ele queria que o início da apresentação fosse em grande estilo, por isso a ideia foi que ele iniciasse a transmissão chegando em uma carroça, que seria puxada pelo pônei Curió.

Todos a postos e teve início a transmissão, com cantor chegando todo pomposo conforme mandava o script. Porém, na hora que ele começou a cantar, o animal saiu em disparada, levando Flavio junto com ele. O fato, evidentemente, ganhou as redes sociais, e o Instagram do artista, que antes da “live mais rápida de todos os tempos” tinha cerca de 2.500 seguidores, rapidamente passou a ter 41 mil após o episódio.

Falando ao portal G1, Flávio Brasil disse que o animal foi adestrado para aquele momento, porém ele acabou perdendo a concentração na hora que começou a cantar e Curió saiu em disparada, indo para do outro lado da chácara.

Ele contou que quando começou a cantar seu outro braço puxo a cabeça do animal, que entendeu que era para sair em disparada. “Quando eu puxei as duas rédeas, ele deu ré e ficou refugando ali. E eu já pensei: 'Aí lascou'”, disse o artista, que na hora até pensou em pular da carroça, mas ficou com receio de se machucar.

“Eu não sabia se pulava, se eu pulasse eu ia machucar”, lembrou.

Apesar de ficar conhecida como a live mais rápida de todos os tempos, o artista conseguiu retornar ao palco, cantou por mais de cinco horas e arrecadou 12 toneladas de alimentos. As doações serão repassadas para instituições de caridade do Distrito Federal.

O famoso pônei Curió

O pônei Curió, de 5 anos, pertence ao autônomo Cássio Ribeiro, que é amigo de Flávio Brasil e emprestou o animal para que fosse realizada a live. Ele conta que o pônei foi treinado e se surpreendeu com a repercussão do fato. “Ficou famoso meu Curió”, diz orgulhoso.

O curioso é que justamente por seu comportamento tranquilo que Curió foi escolhido para fazer a participação especial na live. “É um animal muito dócil, é o nosso bebezinho da família”, disse.

Siga a página Música
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!