Sem poder estudar ou sair para trabalhar, muitas pessoas procuram os mais diversos jeitos de passarem o tempo durante o isolamento social. A pequena Ana Clara, ou melhor Professora Ana Clara, de apenas quatro anos decidiu “dar aulas” para os dois gatos de sua vizinha. A imagem da garotinha ensinando lições em um pequeno quadro negro e os dois bichanos acompanhando atentamente as explicações viralizou nas redes sociais e até a tarde desta segunda-feira já havia tido mais de 4 mil compartilhamentos.

Moradora da cidade de Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo, no Rio Grande do Sul, Ana Clara é filha de uma professora, que por conta do isolamento social, passou a dar aulas online pela internet.

Observando a mãe, a menina também decidiu ser a professora de Douglas Roberto e Jurandir, dois gatos de sua vizinha.

Sabendo do amor da Clarinha pelos Animais, Magda Pedroso convidou a menina para passar algumas tardes em sua casa para brincar com os felinos. Uma das brincadeiras foi a de escolinha, a qual ela foi a professora. “Uma criança fofa mais dois bichinhos. Não tem como não se apaixonar”, diz a orgulhosa vizinha.

Aula contra o coronavírus

O cenário foi completo: mesa com cadeiras, quadro negro, a professora de pé e dois atentos “alunos” acompanhando as lições de como desenhar e combater o coronavírus. “Não vai em cima do telhado, senão vai pegar o ‘colonavílos’”, disse a pequena professora olhando bem atenta para os gatinhos.

Para a aula de desenho, eles “aprenderam” a desenhar uma flor.

"Como eu sou professora, ela está acostumada a me ver dando aula”, disse Ana Paula Helfer Schneider, mãe de Ana Clara, que tem trabalhado em sua casa no período da quarentena. A aplicação dos gatos foi tamanha que eles permaneceram sentados em seus lugares quando a professora foi pular no sofá.

Famosos nas redes sociais

Ficar em frente a uma câmera não é nenhuma novidade para Douglas Roberto e Jurandir. Os gatos possuem uma rede social com mais de 100 mil seguidores.

A mãe de Ana Clara também decidiu fazer um perfil para a filha nas redes sociais, mas não com a intenção de fazer da menina uma blogueira mirim, mas apenas por diversão.

“Quem são fofos são os gatinhos, ela só contribuiu”, disse Ana Paula.

Menina de nove anos doa sanduíches

Fã de sanduíches, a menina Thayla Luiza de Oliveira, de 9 anos, moradora da Sapiranga, na região Metropolitana de Porto Alegre, decidiu compartilhar de sua comida favorita com moradores de rua. Curiosamente a ação surgiu após a recusa de comer um deles. Na ocasião seu pai disse que o sanduíche que ela não queria iria fazer falta para alguém na rua. Então a menina perguntou por que não fazer para dar a quem precisa. A própria Thayla espalhou bilhetes pela casa lembrando os familiares de comprarem ingredientes.

A iniciativa progrediu e há dois meses, todas as sextas-feiras, eles produzem e distribuem cerca de 200 lanches para moradores de Sapiranga e também de Novo Hamburgo, São Leopoldo e Campo Bom.

Às vezes eles chegam a rodar por horas até encontrar uma pessoa que precise do alimento. A ação também ganhou a adesão de vizinhos, que além de ajudar com ingredientes também doam cobertores e roupas.

Siga a página Animais
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!