A ação heroica de dois garis salvou a vida de duas mulheres e dois cachorros durante um incêndio ocorrido na última segunda-feira (11), em um apartamento no bairro em Itapuã, em Vila Velha, no Espírito Santo. Nesta sexta-quinta (14), os dois trabalhadores foram homenageados pelo Corpo de Bombeiros.

Fernando Queiroz e Alexandre Pinto Jesus trabalhavam próximo ao prédio quando perceberam incêndio. No local havia duas mulheres, mãe e filha, que estavam dormindo na hora que o fogo começou.

Eles conseguiram entrar no local e retirar as duas, que foram levadas ao hospital por terem inalado muita fumaça.

Depois, com a ajuda de uma escada, eles resgataram os dois pets que estavam na janela.

Os Bombeiros demoraram mais de duas horas para extinguirem as chamas e o trabalho foi dificultado pelo fato do sistema hidráulico do edifício não estar funcionando. Dessa forma foi preciso usar água de um hidrate e de dois caminhões.

O prédio chegou a ser interditado pela Defesa Civil, mas depois de uma inspeção foi liberado após a constatação de que não houve danos internos e externos na edificação.

No momento do incêndio, mãe e filha dormiam em cobertor elétrico, mas ainda está sendo apurado que provocou o fogo. Um laudo ficará pronto em 30 dias.

Homenagem

A homenagem aos dois servidores aconteceu no quartel do Corpo de Bombeiros, em Vitória, onde foram recebidos pelo Coronel Alexandre Cerqueira, Comandante-geral dos Bombeiros, o secretário de Estado da Segurança Pública do estado, coronel Alexandre Ramalho, e por Carlos Wagner Borges, tenente-coronel do Corpo de Bombeiros.

Eles foram presenteados com uma placa de ato heroico e também receberam cestas básicas.

O coronel Ramalho disse durante as homenagens que os dois trabalhadores não possuíam ferramentas expressivas para dar socorro, prestar os primeiros socorros e apagar as chamas, mas mesmo assim abandonaram o trabalho e, independente das consequências, foram de encontro ao perigo.

Ele disso ainda que isso é uma das caraterísticas do juramento da carreira de bombeiro.

Gêmeos de dois anos morrem

Em outro incêndio, desta vez ocorrido em São Mateus, cidade que fica ao norte do estado, o desfecho não foi feliz e causou a morte de dois irmãos gêmeos, de apenas dois anos de idade. A tragédia aconteceu na última quinta-feira (14), no bairro Aroeira.

De acordo com informação passada pelo Corpo de Bombeiros, a mãe das crianças havia saído de casa e deixado uma panela de pressão no fogo. A mulher de 22 anos foi detida e responderá por abandono de incapaz. Em depoimento ela disse que pensou ter desligado o fogo e foi até a casa de sua irmã, que fica nas proximidades, e que os filhos estavam acordados quando ela saiu.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Animais
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!