Uma das orientações da OMS (Organização Mundial de Saúde) para evitar a contaminação pelo novo coronavírus é o isolamento social, mas não são todas as pessoas que estão seguindo esse pedido. Uma família de Minas Gerais teve 14 pessoas contaminadas pela doença, após realizarem almoços de domingo.

Família é contaminada pelo novo coronavírus

O município de Guaranésia, em Minas Gerais, tem quase 20 mil habitantes e tem sido um dos que mais registraram novos casos de Covid-19 nos últimos dias no sul do estado.

Nos últimos dias, a prefeitura registrou 14 pessoas contaminadas pelo vírus em uma mesma família, sendo que uma dessas pessoas não resistiu e veio a óbito.

De acordo com a prefeitura, as pessoas contaminadas informaram que se encontravam durante almoços de domingo. As autoridades só ficaram sabendo do evento depois que uma pessoa morreu e diversos parentes começaram a apresentar os sintomas da doença, sendo testados positivo para o vírus.

Outros casos de coronavírus na mesma família

Ainda de acordo com a prefeitura de Guaranésia, esse não é o único caso de contaminações em família na cidade. Eles informaram que existem outros casos em que pelo menos duas pessoas do mesmo núcleo familiar se encontram com o vírus.

O último boletim epidemiológico da cidade foi liberado nesta quarta-feira (15) e mostrou que 137 pessoas foram contaminadas com a Covid-19, sendo que 5 pessoas vieram a óbito.

Devido ao aumento dos casos de contaminados, Guaranésia e cidades da região, estão cumprindo um novo isolamento social, que vai até o dia 20 de julho, e onde somente os serviços essenciais podem funcionar.

Chefe de gabinete manda recado para população

Através de uma reportagem exibida na EPTV, Ana Cristina dos Santos, chefe de gabinete da Prefeitura de Guaranésia, fez um pedido à população da cidade.

A mulher disse que os casos de contaminação familiares estão aumentando vertiginosamente. Ela confirmou as 14 pessoas contaminadas na mesma família e disse que isso representa 10% dos números na cidade.

Ana disse que tem acompanhado as redes sociais e visto muitas pessoas registrando comemorações familiares.

Segundo a mulher, basta uma passada pelas ruas para ver que muitos eventos estão ocorrendo e que tem recebido casos de contaminações de pessoas que participaram de festas e churrascos.

Ela reforçou que esse não é o momento de ocorrerem festas, comemorações e encontros, e que as pessoas com atestado médico para isolamento domiciliar não tem permissão para ir em nenhum lugar. Ana Cristina disse que somente com a união de todos o vírus poderá ser contido. A mulher disse que o vírus só circula, se a pessoa circular e que é responsabilidade de todos para que isso passe logo. Ela terminou pedindo que as pessoas fiquem em casa, mas cada um em sua casa.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!