A primeira-dama Michelle Bolsonaro contraiu acovid-19. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (30), através de nota oficial, pela Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) do Palácio do Planalto. A nota informa ainda que Michelle apresenta bom estado de saúde e seguirá normas e procedimentos estabelecidos para o tratamento dessa doença. Nesta quarta-feira, o ministro da Ciência Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, afirmou que está com coronavírus.

Segundo o portal de notícias G1, a divulgação da enfermidade da primeira-dama ocorre poucos dias após o presidente Jair Bolsonaro anunciar que está curado da covid-19.

No dia 7 de julho, Bolsonaro afirmou que seus exames testaram positivos para a doença. Desde então vinha se mantendo afastado de suas funções no Palácio do Planalto, transferindo parte delas para o Planalto da Alvorada, onde reside com Michelle e as filhas, Laura e Letícia. No último sábado (25), o presidente anunciou que foi curado da doença.

Michelle Bolsonaro falou para mulheres rurais

Nesta quarta-feira (29), Michelle Bolsonaro usou a tribuna, dirigindo-se aos participantes da cerimônia da 5ª edição da Campanha Mulheres Rurais, Mulheres com Direitos, no Palácio do Planalto. Nesse ato, a primeira-dama que esteve ao lado do presidente Jair Bolsonaro e usou máscara. Nesta mesma cerimônia, a tribuna foi usada também pelas ministras Damares Alves, responsável pelos assuntos relacionados às áreas da Mulher, Família e Direitos Humanos, e Tereza Cristina, que trata sobre assuntos da Agricultura.

Primeiro teste de Michelle Bolsonaro deu negativo

De acordo com a revista Veja, por consequência da doença do presidente Bolsonaro, a primeira-dama se submeteu a teste do coronavírus que resultaram negativos. Esses resultados foram informados dia 11 de julho. De acordo com o portal de notícias UOL, os exames das filhas do primeiro casal brasileiro, Letícia e Laura também não revelaram contaminação pela covid-19 naquele momento.

Porém, desde o dia 1º de julho, Michelle Bolsonaro enfrenta o drama de estar com sua avó, Maria Aparecida Firmo Ferreira, hospitalizada em estado grave de saúde, no Hospital Regional de Santa Maria, em Brasília, no Distrito Federal.

Vários ministros de Bolsonaro contraíram covid-19

No mesmo sentido, o UOL lembra que além de Michelle Bolsonaro, vários ministros do alto escalão do Governo Bolsonaro que tiveram resultados positivos para este malefício.

No Mês de março o novo coronavírus atingiu os ministros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, e o de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Ambos fizeram retiro social recuperando a saúde. Semana passada, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni divulgou que estava com covid-19. Há cerca de 10 dias, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou que havia sido infectado pelo novo coronavírus.

O Brasil registra nesta quinta-feira, 2.556.207 casos confirmados de pessoas infectadas pela covid-19, e 90. 212 mortos. Esses números são apontados pelo consórcio de veículos de Imprensa, formado pelo UOL, Folha de S.Paulo, O Globo, O Estado de S. Paulo, G1 e Extra.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!