A gravidez geralmente é um momento muito celebrado pelas famílias e o nascimento muito esperado por todos, mas, infelizmente, nem tudo sai como planejado. O nascimento de uma criança é um momento de grande risco para a vida de uma mulher e também para os bebês, mas o sonho de ser mãe é muito maior que tudo.

Mulher que teve trigêmeos falece em SC

O nascimento dos trigêmeos Vitória, Breno e Valentina ganhou os noticiários na última terça-feira (26), onde fotos do parto foram compartilhadas nas redes sociais. O que ninguém imaginava é que essa linda história da Maternidade fosse ter um final trágico.

Camila Cassimiro da Conceição, de 32 anos, teve um parto tranquilo no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, Santa Catarina, e trouxe ao mundo os três filhos. Um dia depois, na quarta-feira (27), a mulher começou a passar mal, apresentando sangramentos. Após passar por uma cirurgia de emergência, ela teve que ser levada para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

Camila não resistiu e acabou morrendo na quinta-feira (28). Ainda não foi revelada qual teria sido a causa da morte da mulher. Os três recém-nascidos se encontram bem e saudáveis. As crianças continuam internadas na unidade de saúde para que possam ganhar peso para ir para casa.

Nascimentos dos trigêmeos

Camila estava grávida de 36 semanas e deu à luz os três bebês através de um parto cesariana.

A mulher já era mãe de quatro meninas, de 13, 11 e duas gêmeas de 3 anos.

O nascimento das crianças foi comemorada na unidade de saúde onde vieram ao mundo, visto que esse era o primeiro caso de parto de trigêmeos em 2021. Em 2020, o hospital havia registrado um outro caso de nascimento trigemelar.

Em nota, o hospital informou que o parto ocorreu sem intercorrências, mas que no puerpério a mulher apresentou hemorragias, tendo que ser submetida a uma nova intervenção cirúrgica de emergência para a retirada do útero.

O quadro da mulher teria piorado na UTI e evoluindo para óbito. Eles se solidarizaram com a família e disseram que estavam dando todo o apoio necessário.

Gravidez da mulher não foi planejada

A gestação de Camila não foi planejada pela família, ma foi comemorada pelo casal, que descobriu que teria o tão desejado menino. Altamir dos Santos, irmão da mulher, disse que Camila estava bem e não reclamava de nada, sempre cuidando muito bem das outras filhas.

Segundo o rapaz, a irmã era uma pessoa sorridente, brincalhona e que teve uma gestação muito tranquila.

José Cleber Xavier Cardoso, 34 anos, marido de Camila, é pedreiro. O casal estava junto há 13 anos. Há 10 anos, eles deixaram o estado de Sergipe e se mudaram para Santa Catarina, em busca de uma vida melhor.

O companheiro da mulher lembra que o parto foi tranquilo e que a esposa chegou a se alimentar e beber água. Somente depois Camila teria começado a se queixar de fraqueza e teve que ser levada para a nova cirurgia. José disse que sua esposa foi levada e que ele não viu mais nada, pois não pôde acompanhá-la.

O homem contará com a ajuda da mãe e das irmãs no cuidado com os sete filhos. A Unidade Básica de Saúde do bairro em que vivem está ajudando a recolher doações de fraldas, produtos de higiene para bebês, alimentos e leite para a família.

Siga a página Relacionamento
Seguir
Siga a página Maternidade
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!