Após um cerco montado por agentes civis, um homem foi preso suspeito de ter matado um colega de trabalho em uma lanchonete na cidade de Anápolis, em Goiás, na última sexta-feira (27). O homem teria desferido vários golpes de martelo na vítima e depois efetuado alguns disparos contra ele com uma espingarda calibre 12. Câmeras de segurança do local registraram o assassino. Após cometer o crime, o suspeito teria fugido do estabelecimento rapidamente em um automóvel Chevrolet Corsa, seguindo em sentido ao Distrito Federal.

De acordo com as imagens cedidas pela Polícia, o homem teria atacado a vítima pelas costas após chegar ao local segurando um copo na mão e um martelo. Depois de agredir o companheiro de trabalho com várias marteladas, e ainda com o rapaz muito ferido e sangrando bastante, o homem apanhou uma espingarda e disparou várias vezes contra a vítima, que morreu no local.

Após fugir do local, o homem identificado pela polícia como Patrick Paes Gonçalves, de 25 anos, teria sido preso no dia seguinte na região da Nova Brasília, em Sobradinho, no Distrito Federal.

Após diversas diligências realizadas pela polícia à procura do suspeito, por volta das 22h os agentes conseguiram encontrar o endereço do rapaz e receberam a informação de que ele estaria de malas prontas com a pretensão de fugir para o estado da Bahia. Diante destas informações, os policiais foram até a residência e conseguiram cercar o imóvel. Patrick, que estava no local completamente cercado pelos agentes, ainda tentou fugir pelos telhados de casas próximas, mas acabou sendo detido pelos policiais e encaminhado para a delegacia de polícia para explicar sua versão sobre os fatos. A prisão foi realizada por agentes militares do Grupo Tático Operacional (Gtop 33) do Batalhão da Polícia Militar.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Vagas

Patrick disse que sofreu ameaças da vítima

Em depoimento, segundo a polícia, Patrick afirmou ter cometido o crime porque a vítima teria o ameaçado de morte. Depois de ser interrogado, Patrick foi encaminhado ao 13º Departamento de Polícia da região de Sobradinho e lá foi indiciado em flagrante por homicídio qualificado. Após o indiciamento do suspeito, a polícia de Sobradinho entrou em contato com a Divisão de Homicídios de Anápolis e mencionou o local onde possivelmente estaria a arma do crime.

Os agentes então foram até o local e conseguiram encontrar a espingarda de fabricação caseira que havia sido utilizada na morte do rapaz.

Patrick será levado para uma penitenciária da região onde ficará à disposição da Justiça.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo