Morando nos Estados Unidos há aproximadamente 7 anos, Carolina Fenner foi surpreendida após longo trabalho de parto ao ver pela primeira vez o rosto da pequena Luna Tavares Fenner. Isto porque sua filha, recém-nascida, veio ao mundo com uma mancha que cobre boa parte da região central de seu rosto, uma rara condição chamada nevo melanocítico congênito. Esta condição atinge aproximadamente um a cada 500.000 recém-nascidos.

A ocorrência do nevo melanocítico congênito, abreviado como NMC, em Luna surpreendeu toda a equipe médica, que a princípio, acreditava se tratar de uma mancha de nascença. Porém, após avaliação detalhada, a condição foi diagnosticada. Luna não possuía casos de NMC na família. Nas redes sociais, Carolina, mãe da recém-nascida, passou a compartilhar sua história com inúmeros seguidores que se sensibilizaram e se encantaram com a doce Luna.

Cirurgias futuras são estudadas pela equipe médica

Inicialmente havia a preocupação por parte da equipe médica responsável por Luna acerca da mancha em seu rosto. Os médicos precisaram descartar todas as hipóteses, inclusive de um possível tumor, o que foi descartado mais tarde, tranquilizando aos familiares. O NMC é uma condição a qual permite que seu portador tenha uma qualidade de vida normal, porém as manchas apresentadas possuem chance de se tornarem melanomas mais tarde, o que aumenta a necessidade de intervenções cirúrgicas a médio prazo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Saúde

Em uma das publicações, Carolina desabafa sobre estar recebendo críticas sobre as possíveis cirurgias que a filha deverá realizar. A mãe de Luna afirma que chegam inúmeras mensagens de seguidores que se manifestam contra as cirurgias na pequena. Porém, ela rebate as críticas deixando claro que fará de tudo para que Luna não sofra no futuro.

Apoio e conscientização nas redes sociais

Desde a criação da conta no Instagram, onde a história ganhou notoriedade, inúmeros internautas se manifestaram apresentando enorme carinho e afeto pela pequena Luna.

Carolina passou a receber diversas fotos em que admiradores apareciam com os rostos pintados fazendo referência às manchas de Luna.

O intuito da divulgação da condição de Luna, segundo a mãe, é fazer com que as pessoas se conscientizem e conheçam um pouco mais sobre esta rara condição, e também angariar fundos para as cirurgias as quais Luna deverá realizar até os 3 anos de idade e que custam em torno de US$ 50 mil.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo