O vírus conhecido como Coronavírus, tem trazido um grande desespero para todos os continentes, devido a ele ser facilmente transmitido de uma pessoa para outra, apenas na china essa epidemia matou 630 pessoas, e deixou 31 mil doentes em diferentes países.

Ainda não é possível saber ao certo qual é o responsável pela transmissão da doença, mas especialistas suspeitam que possa ser transmitido por algum animal marinho, e também foram feitas duas outras pesquisas, que apontam as cobras ou os morcegos como possíveis transmissores.

Devido ao fato de a doença ser descoberta em épocas festivas, como natal e ano novo, facilitou ainda mais o alastramento da doença pelo mundo, já que muitas pessoas foram visitar parentes, ou apenas fazer viagens para a china.

A epidemia parece não ter chegado ainda no Brasil, porém, já foram encontradas 9 suspeitas da doença, que foram divulgadas pelo Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (6).

O Carnaval pode se tornar um aliado do Coronavírus

O Carnaval no Brasil, parece ser o lugar perfeito para o vírus se espalhar, por isso alguns cuidados vão ser tomados pelo Ministério da Saúde, foi afirmado que os portos e aeroportos serão vigiados e cuidados, para que o risco de entrar uma pessoa infectada no Brasil seja nulo.

E também alguns cuidados foram indicados durante o carnaval, o principal é lavar as mãos, deixando-a bem higienizada, e evitar o compartilhamento de objetos.

O Ministério da Saúde afirma que centenas de chineses entram no Brasil todos os dias, e diz considerar a possiblidade da entrada de algum cidadão portando o vírus, já que é possível carregar o vírus incubado, dessa forma não mostrará nenhum sintoma até ele ser ativo.

Especialistas se dizem preocupados, pois, uma pessoa infectada precisa de apenas um metro para transmitir a doença, e o carnaval será um ambiente propicio para a doença se alastrar, devido aos contatos íntimos que sempre acontecem.

Mesmo com a doença podendo se propagar no carnaval, as festas não irão ser canceladas até então, devido ao alto investimento que sempre é feito, mas médicos pedem para que pessoas que vieram da China ou qualquer outro lugar em que o vírus se mostra ativo, para que não saia de casa, ou se exponha a outras pessoas, pelo menos até ter a certeza de que não esteja contaminado.

Embora a doença seja facilmente transmitida, a sua taxa de mortalidade é baixa, sendo apenas de 2%, e apenas 15% são graves. O vírus tem sido uma ameaça internacional, e foi considerado de nível alarmante.

Ainda não foi encontrada uma vacina para acabar com o vírus, porém pesquisadores do mundo inteiro tem se juntado para tentar achar a cura, mas devemos levar em consideração que a vacina pode demorar, devido a ao vírus ser recente.

Siga a página Saúde
Seguir
Siga a página Carnaval
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!