Muitas pessoas carregam em mente que o mundo irá acabar em chamas ou em dilúvio, sequer passando pelas nossas cabeças que tudo poderá chegar ao fim devido a um asteroide. Tais especulações ganharam força devido a novas informações sobre Bennu, o maior candidato atual a acabar com toda a vida e existência no planeta.

Afinal, tirando todo o drama e medo de uma possível catástrofe, quais são as chances da rocha explodir e, em um curto espaço de tempo, dar fim a vida no planeta?

De acordo com as informações da Nasa, o asteroide Bennu, que tem 500 metros de diâmetro, foi classificado como algo potencialmente perigoso, existindo uma chance dele se chocar com a terra.

No entanto, não há necessidade de entrar em pânico, pois a chance do fato ocorrer é atualmente de uma em 2,7 mil, e caso venha a acontecer, o feito histórico só deve ocorrer entre os anos de 2175 e 2196. A contagem foi realizada por especialistas contratados pela Nasa.

Ainda de acordo com as informações passadas pelas projeções do Cneos, que traduzindo significa Centro de Estudos de Objetos Próximos à Terra, há apenas 99,963% de chance do asteroide passar apenas próximo do planeta terra.

Mesmo que estejamos com tamanho azar e o asteroide caia sobre a terra, o impacto não será tão monstruoso.

Sem dúvidas, haveria um grande estrago, no entanto, segundo informações de especialistas, o esteroide necessitaria ter pelo menos 1 km de distância para que possa realizar um impacto gigantesco, igual aqueles que deparamos nos filmes. Bennu, para nossa felicidade, não tem metade desse tamanho.

É necessário ressaltar que, mesmo que estejamos positivos com relação ao asteroide, há diversas variáveis que podem fazer tudo mudar, como, por exemplo, a gravidade da Terra ir em direção a rocha.

Meteoro da obsessão

A Nasa, no entanto, mostra-se extremamente cautelosa com o fenômeno, procurando saber a todo momento onde Bennu está situado na imensidão do universo.

Os motivos para tamanha perseguição do asteroide não se dá apenas a ameaça da possível extinção do planeta, mas também por conta de asteroides se mostrarem grandes fontes de recursos, como água e outros elementos.

Não perca a nossa página no Facebook!