Nesta terça-feira (25), um morador de São Paulo, de 61 anos, foi diagnosticado com o novo coronavírus (Covid-19). De acordo com informações, o homem foi à Itália e ficou por um período de 11 dias no país, que tem como foco do surto de coronavírus a região da Lombardia.

Apesar do teste positivo, o Ministério da Saúde aguarda a contraprova que está sendo feita pelo Instituto Adolfo Lutz. O temor da doença chega ao Brasil após a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertar para o surto de pandemia mundial do Covid-19.

Isso porque, essa família de vírus tem se espalhado por toda a Europa com casos de infecções e mortes na Itália, Espanha, Croácia e Áustria. Nesta quarta-feira (26) foi confirmada a segunda morte por coronavírus na França, conforme informa a correspondente do jornal El País, Silvia Ayuso.

Coronavírus: medidas preventivas no Brasil

Nesta quarta-feira (26), o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que será criado um centro de contingência do Estado com a finalidade de monitorar e coordenar ações que visam evitar a propagação do coronavírus em São Paulo.

Os responsáveis pelo centro será o infectologista David Uip e os profissionais do Instituto Butantan, além de médicos especialistas na área.

A medida visa prevenir que o surto de coronavírus se alastre pelo Brasil. A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou que é possível que o mundo sofra de uma pandemia de Covid-19.

Grécia informa sobre primeiro caso do coronavírus no país

Na manhã desta quarta-feira (26), o Ministério da Saúde da Grécia anunciou o primeiro caso do coronavírus, em uma mulher de 38 anos que esteve recentemente na Itália.

De acordo com a imprensa local, a mulher esta internada no hospital de Tessalônica, situada no Norte do país, e se encontra em "boa saúde", conforme informou o porta-voz do ministério, Sotiris Tsiordas.

Surto de coronavírus na Europa

O país mais afetado da Europa é a Itália, com12 mortes. Diante desse quadro, o Governo italiano adotou medidas para evitar a propagação do vírus. As medidas foram anunciadas nesta terça-feira (25), com o fechamento de 5.500 escolas, bem como as restrições de viagens para fora do país.

De acordo com o balanço provisório de mais de 40 países e territórios, a epidemia do Covid-19 chega a 2.763 mortes e mais de 81 mil infectados em todo o globo.

No epicentro do coronavírus, China, essa semana foram confirmadas 52 mortes diárias, menor índice já registrado nas últimas três semanas. Até esta quarta-feira (26), somam-se 2.715 mortes no país.

Não perca a nossa página no Facebook!