A pesquisa foi anunciada pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, nesta terça-feira (16). O corticoide está sendo uma ferramenta fundamental na luta contra a Covid-19. O medicamento tem ajudado em casos mais graves da doença, porém não obteve sucesso com pacientes que apresentam sintomas leves e não estão utilizando o suporte de oxigênio. O estudo, que ainda não foi publicado, analisou 2.104 pacientes que utilizaram a dexametasona e 4.321 que não estavam fazendo uso da substância. A conclusão do estudo obteve a redução de um terço de mortes dos pacientes ventilados, e um quinto dos pacientes que estavam fazendo uso do oxigênio.

Entenda mais sobre o medicamento corticoide

O corticoide é um esteroide usado desde a década de 1960 para o tratamento de origem inflamatória, alérgica, imunológica e até utilizado para o tratamento de alguns tipos de câncer. O remédio age como um anti-inflamatório e imunossupressor que inibe a ação do sistema imunológico.

Efeitos colaterais

O corticoide possui muitos efeitos colaterais e quanto maior for a dose e o tempo de tratamento, maiores são as chances da ocorrência dos efeitos colaterais, que são mais extensos quando a dexametasona é administrada de forma oral ou intravenosa.

Dentre os efeitos colaterais mais comuns estão o ganho de peso, aparecimentos de estrias, enfraquecimento dos ossos, diabetes mellitus, hipertensão arterial, catarata, glaucoma, psicose, depressão, cicatrização deficiente, candidíase, lesões musculares, gastrite, úlcera péptica, pancreatite, aumento do risco de infecções, entre outras.

Contraindicações

A utilização do medicamento deve ser evitada em casos de uma hipertensão mal controlada, osteoporose, neoplasias ativas, insuficiência cardíaca descompensada, diverticulite, úlcera duodenal, diabetes mellitus e pacientes que possuem alguma infecção ativa sem tratamento.

É necessário respeitar as restrições impostas para a uso do remédio, pois a utilização inadequada pode acarretar mais consequências para a Saúde do paciente.

De acordo com as pesquisas, o corticoide atua reduzindo a inflamação que é causada pela Covid-19 nos vasos sanguíneos, porém ainda não se sabe ao certo porque ele atua de forma eficiente apenas em casos mais graves da doença, por isso é necessário a conclusão dos estudos dos especialistas da Universidade de Oxford.

É importante lembrar que o medicamento só pode ser utilizado com receita, a automedicação não é eficiente para a prevenção e pode causar outros problemas, como os efeitos citados.

Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!