A vacina contra Covid-19 que está sendo produzida pela farmacêutica AstraZeneca irá fornecer imunização às pessoas por cerca de 1 ano após a aplicação, de acordo com o que foi divulgado pelo presidente da empresa, Pascal Soriot. A declaração foi feita nesta última terça-feira (16), a uma estação de rádio belga, quando falou a respeito dos avanços dos estudos da vacina.

De acordo com o que foi divulgado, a farmacêutica britânica agora está em fase de estudos com humanos para a vacina que foi criada pelos pesquisadores da Universidade de Oxford.

O estudo em fase 1 no Reino Unido está prestes a ser concluído.

Um outro, em fase 3, foi iniciado recentemente.

Entrega a partir de outubro

Foi informado também pela AstraZeneca no último sábado (13) que foram assinados contratos com França, Alemanha, Itália e Holanda, para que sejam fornecidas até 400 milhões de doses desta potencial vacina contra a Covid-19 à União Europeia.

Segundo o que foi divulgado, a empresa também fechou acordos com Reino Unido e Estados Unidos.

"Se tudo correr bem, teremos os resultados dos ensaios clínicos em agosto/setembro. Estamos fabricando em paralelo. Estaremos prontos para entregar a partir de outubro", acrescentou Soriot.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Ciência
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!