As dores nas costas têm sido um grande problema no século 21. Os trabalhos em mesas e cadeiras de escritório, a má postura em casa e o pouco cuidado com visitas a uma academia, ou a um consultório médico, apenas alimentam cada vez mais as dores.

Mas sabia que a maioria das pessoas pode apresentar danos sérios nas costas e sequer saber disso? Lesões na coluna demoram a se agravar, e, quando agravam, é melhor que não seja as suas costas, porque é algo bastante desagradável.

Uma série de especialistas já confirmou que poucas pessoas sabem de suas disfunções vertebrais –as que sabem visitaram um médico para descobrir.

Portanto, é importante todo um cuidado especial.

Para saber se sua dor reflete em algum problema sério na coluna, responda a este pequeno questionário de cinco perguntas rápidas:

  • A dor nas costas se prolonga até quase chegar a perna?
  • A dor se intensifica se você tocar seu pés sem dobrar os joelhos ou quando abraça as pernas contra o peito?
  • Você apresenta problemas na postura?
  • A dor nas costas já dura certo período de tempo (entenda entre uma e três semanas)?
  • Você sente as pernas fracas ao caminhar?

Pois bem, se você respondeu sim a todas estas cinco questões (ou à maioria), você precisa consultar um especialista em coluna vertebral o quanto antes. Uma dor nas costas, no início, pode parecer uma “dorzinha”. Entretanto, no futuro, essa dor pode afetar seu rendimento diário e atrapalhar tarefas importantes.

Portanto, é preciso atenção constante e, claro, visitas a um especialista para desvendar a origem para seguir um tratamento adequado.

Dores nas costas durante o isolamento social

Apesar do relaxamento das medidas de quarentena e lockdown, algumas pessoas se mantêm em casa, principalmente quando se fala em home office ou EaD (estudo a distância). Uma busca em especial na internet trouxe à tona um problema já imaginado no início da pandemia: os relatos de dores nas costas.

Os incômodos surgem em função de vários fatores, mas há medidas para aliviar.

Em função da pandemia, muitas pessoas se viram obrigadas a trabalhar da própria casa, embora não tivessem aparato para isso. Um exemplo é a ausência de uma cadeira adequada, uma escrivaninha adequada e também o tempo destinado para o descanso. Afinal, estando em casa e o escritório sendo o lar, faz-se necessária muita disciplina para não trabalhar a toda hora.

Especialistas, porém, apontam algumas soluções, como utilizar uma almofada na região da lombar para quem permanecer na posição adequada enquanto utiliza o computador. A linha de visão deve estar também sempre sobre a tela do computador. E, por fim, fazer pausas é essencial, uma vez que permanecer horas sentado pode causar desconforto, mesmo com todas as medidas de precaução sendo devidamente adotadas.

Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!