A partir da próxima sexta-feira (19), será exibida pelo serviço de streaming Globoplay a série "A Divisão". A produção é o primeiro thriller nacional que será exibido pelo serviço de streaming.

A série retrata o período da década de 1990, em que uma onda de sequestros que atormentava o Rio de Janeiro chegou ao fim.

A produção dramatiza os bastidores da DAS, Divisão Antissequestro da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

O diretor Vicente Amorim diz que é contada uma história policial em que a situação foi resolvida pela inteligência, o que é muito raro, segundo o diretor, mas ele ressalta que na época também houve um grande período de violência.

Embora a série irá chegar primeiro no Globoplay, a obra na verdade é uma produção do canal Multishow em parceria com setor de audiovisual da ONG Afroreggae, comandada por José Júnior, que é o criador e produtor da série.

O projeto teve origem no ano de 2011, na época em que José Júnior era o apresentador do programa "Conexões Urbanas", no Multishow. Nesta ocasião, ele teve a oportunidade de entrevistar Marcos Reimão, o ex-delegado da DAS.

Reimão ficou conhecido na época pelo bordão "ou DAS ou desce", por conta de sua abordagem controversa.

A trama

O ponto de partida da série é o ano de 1997. Nesta época, o Rio de Janeiro tinha a impressionante marca de 11 sequestros por mês, isto apenas na capital.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Televisão

A ideia inicial de José Júnior era escrever um livro sobre a DAS, mas, ao pesquisar sobre a divisão da Polícia Civil, Júnior percebeu que teria material para uma série e também para um filme, que também será dirigido por Vicente Amorim, com previsão de estreia para 2020.

O produtor José Júnior e o diretor Vicente Amorim, para ajudar na reconstituição daquele momento, levaram policiais, vítimas e até mesmo ex-sequestradores para ajudar no roteiro.

O que causou a situação inusitada de estarem na mesma sala uma pessoa que prendeu a outra.

Na equipe de roteiristas, existe até mesmo um ex-policial, José Luiz Magalhães, que foi ex-inspetor da Polícia Civil. Santiago, personagem do ator Erom Cordeiro, é inspirado em Magalhães.

A produção buscou talentos nas periferias, tendo sido feitos testes de elenco em Vigário Geral, zona norte do Rio de Janeiro.

Os ensaios foram realizados no morro de São Carlos, no Estácio.

O produtor José Júnior disse que fez questão que a série tivesse um protagonista negro. Há dois profissionais negros na série, um delegado e uma médica. A série tem no elenco além de Erom Cordeiro, Silvio Guindane, Marcos Palmeira, Dalton Vigh, Natalia Lage e Vanessa Gerbelli.

"A Divisão" já tem uma segunda temporada, que já foi filmada e confirmada para ser exibida pelo Globoplay, mas sem data de estreia definida.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo