Neste último domingo (4) foi ao ar pela HBO o oitavo e último episódio da primeira temporada da polêmica série teen, 'Euphoria'.

Desde sua estreia no dia 16 de junho, a série criada por Sam Levinson e protagonizada por Zendaya, tem causado muitas reações negativas e positivas nas redes sociais, e houve até mesmo petições pedindo o encerramento da série.

Polêmica já no primeiro episódio

Logo após a exibição do primeiro episódio, o Conselho de Pais da TV Americana, pediu, por meio de um comunicado público, que a produção fosse retirada do ar, com a alegação de que ela fosse uma má influência para os jovens.

Um dos grandes questionamentos envolvendo a produção, é sobre qual seria o público alvo da atração.

Para tentar responder a está questão, Sam Levinson e a ex-estrela do Disney Channel, foram entrevistados pelo site IndieWire.

Levinson, que além de criador, também é roteirista e produtor executivo da série, diz que espera que Euphoria "crie um diálogo entre pais e filhos", explica o cineasta de 34 anos.

Ele complementou dizendo que acredita que a produção não é adequada para menores de 17 anos.

Enquanto que a atriz de 21 anos afirmou que se os pais quiserem comentar com seus filhos sobre os acontecimentos vistos na obra, esta seria uma ótima ideia.

Sam Levinson complementou a fala de Zendaya ao dizer que se os responsáveis acharem que seus filhos irão assistir a série de qualquer maneira, esta seria a hora para um diálogo.

Desde o princípio, a série já dava sinais de que seria difícil definir para qual seria o público para o qual ela seria destinada.

Pois, apesar de retratar um universo de adolescentes, em que quase todos são menores de idade, a série não economizou em cenas de nudez, cenas de relações sexuais, uso de drogas, além de mostrar várias situações de violência física ou psicológica, incluindo até mesmo uma cena de agressão à mulher.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos Televisão

A atriz Zendaya não concorda com parte do público que acha que a obra mostra cenas chocantes demais, para justificar seu argumento, a atriz disse que conhece alguém que sofreu o que é visto na série.

Zendaya sempre foi uma das principais defensoras da atração, logo que as críticas negativas começaram, a atriz tratou de usar suas redes sociais para defender a série.

Críticos da atração da HBO afirmam que o que é mostrado em Euphoria não condiz com a realidade, mesmo sem ter uma trama com uma linha narrativa bem definida, a série cumpre a função de gerar debates sobre temas como: gravidez na adolescência, alcoolismo, a questão da inserção de transexuais na sociedade, entre outros problemas.

Mesmo com todas as polêmicas envolvendo a série, Euphoria já tem garantida uma segunda temporada.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo