A Netflix apresenta sua nova série nacional que tem como grande chamariz a presença da atriz e youtuber Kéfera Buchmann.

Além de Kéfera, a série tem no elenco outros nomes conhecidos do grande público por meio do site de compartilhamento de vídeos e também por suas participações em comédias nacionais.

Como a atriz Júlia Rabello que ficou conhecida por ter feito parte do canal de humor 'Porta dos Fundos'.

Também fazem parte da trama outros atores que se destacaram no YouTube, como a atriz Thati Lopes, que também fez parte da trupe do Porta dos Fundos e também faz parte do elenco da Rede Globo, Thati tem uma participação em apenas um episódio.

Outro ator presente na série que ganhou destaque no YouTube e acabou caindo nas graças da emissora dos Marinhos, é o ator Leandro Ramos.

Ramos é mais conhecido por seu personagem 'Julinho da Van' do programa 'Choque de Cultura Show', o programa surgiu no YouTube e faz sucesso também nas tardes de domingo da Globo.

Angelus

O que conhecemos como anjo, no universo da série é chamado de 'Angelus'. Ulisses (ou Uli, como ele prefere ser chamado) é o protagonista vivido por Victor Lamoglia.

O Angelus acabou de ser criado e mostra ter uma atitude contestadora e não se contenta em somente seguir as regras do sistema em que vivem estes seres encarregados de proteger a humanidade.

Estes seres celestiais operam em um lugar que mais se assemelha a uma repartição pública, eles têm uma aparência estranha, todos têm cabelos vermelhos e usam calça preta, camisa social branca e uma gravata vermelha, além de terem asas pequenas, que estão sempre visíveis.

Em seu primeiro episódio a produção criada pelo cineasta Daniel Rezende mostra um mundo em crise.

Vários acidentes estão ocorrendo simultaneamente em todo o planeta, a trama volta dois dias no tempo e mostra os eventos que culminaram com essa situação.

A curiosidade de Uli fez com que, acidentalmente ele parasse toda a engrenagem que faz o sistema de proteção aos humanos funcionar.

O angelus novato está sob a supervisão dos veteranos Greta (Júlia Rabello) e Chun (Danilo de Moura).

Uli mostra para os dois a verdade do quão aleatório - e absurdo - é aquele sistema, além de descobrirem que, em um primeiro momento, está claro que não há ninguém no controle.

Em um primeiro momento a série da a impressão de que irá girar em torno do trio tentando consertar a engrenagem que garante o funcionamento do sistema e assim, salvar a humanidade.

E também investigar a verdade sobre quem é 'o chefe', a entidade criadora de todo o sistema, embora este mote esteja sempre presente na série, isso acaba por tornar-se um problema secundário na série de oito episódios.

A produção então direciona as atenções para as atitudes do protagonista que se por um lado apresenta uma bem-vinda atitude contestadora, também mostra certa arrogância em sua maneira de ver o mundo, além de tomar atitudes hipócritas.

As ações de Ulisses causam uma série de consequências para ele e também para todos aqueles que estão ao seu redor.

No final das contas, a série faz alguns questionamentos filosóficos de maneira básica e serve como um bom entretenimento, além de em seu último episódio prometer responder questões que ficaram abertas na primeira temporada.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!