Neste domingo (5) aconteceu em Los Angels a premiação do Globo de Ouro, a mais aguardada depois do Oscar. E pela segunda vez Joaquin Phoenix ganhou como Melhor Ator – Drama, dessa vez por sua interpretação no filme "Coringa". A primeira estatueta ele levou para casa em 2005, quando viveu Johnny Cash no filme [VIDEO] "Johnny & June".

Para uma parte do público e da crítica, Phoenix era um dos favoritos para ganhar a premiação. O ator de 45 anos interpretou um dos vilões mais conhecidos do gênero. "Coringa" conta a história de Arthur Fleck, um humorista que trabalha como palhaço para uma agência de talentos.

Fleck possui problemas mentais e faz acompanhamento com assistentes sociais. Girando em torno de todos os seus problemas pessoais e psicológicos, ele comete um crime que inicia um movimento popular contra a elite de Gotham City. O filme foi dirigido por Todd Phillips, o mesmo diretor da trilogia "Se Beber Não Case".

Discurso polêmico

Durante o seu discurso, o ator Joaquin Phoenix causou polêmica ao pegar o troféu. Ele usou palavrões e fez provocações à indústria cinematográfica. Phoenix aproveitou para criticar novamente os colegas ao comentar sobre os incêndios na Austrália.

“É muito bonito que tantas pessoas estejam pensando na Austrália, mas precisamos fazer mais do que isso. Espero que possamos agir juntos e fazer mudanças reais. É ótimo votar, mas às vezes precisamos ser mais responsáveis e fazer mudanças e sacrifícios nas nossas vidas. Não precisamos usar jatinhos sempre que formos a Palm Springs”, criticou Phoenix.

Globo de Ouro 2020

O Globo de Ouro é promovido pela Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood.

A cerimônia inicia o circuito de premiações. O evento é dividido entre categorias que premia profissionais que atua tanto em filmes como em séries de TV.

Nos últimos anos é possível notar a presença de filmes e séries produzidos pelas plataformas de streaming, como a série "The Crown" produção da Netflix, que teve várias indicações, assim como os filmes "O Irlandês", "História de Um Casamento", e "Dois Papas".

No decorrer da premiação, um fato chamou atenção além do discurso de Joaquin Phoenix, foi o momento em que o ator foi anunciado como o melhor ator, e Beyoncé não levantou para o ator. A cantora foi criticada pela atitude.

Beyoncé estava concorrendo pelo prêmio de melhor canção original, com a música "Spirit", que está na trilha sonora de "O Rei Leão". Ela não ganhou, mas se destacou por outro momento da cerimônia, gerando muitas críticas nas redes sociais.

Não perca a nossa página no Facebook!