Morreu nesta segunda-feira (22) o cineasta Joel Schumacher. O diretor ficou famoso por ter dirigido dois filmes da franquia "Batman" nos anos 1990: "Batman Eternamente" (1995) e "Batman & Robin" (1997). Schumacher tinha 80 anos e morreu de câncer –ele vinha travando uma luta contra a doença desde 2019. As informações são da revista Variety.

Figurinista

Nascido em Nova York, ele começou sua carreira como figurinista e depois passou para a direção. Nos anos 1980 ele fez sucesso com as produções: "O Primeiro Ano do Resto das Nossas Vidas" (1985) e "Os Garotos Perdidos" (1987), um clássico dos filmes de vampiros para o público adolescente.

No elenco estavam: Kiefer Sutherland, Corey Haim e Corey Feldman.

Em 1990 ele dirigiu o suspense "Linha Mortal" (1990), que ganhou um remake em 2017 com o nome "Além da Morte". Três anos depois ele dirigiu outro filme marcante: "Um Dia de Fúria", em que Michael Douglas dava vida a um pacato cidadão que de repente se torna violento por causa das falhas que ele enxerga na sociedade.

O cineasta tinha no currículo uma impressionante galeria de filmes que se tornaram clássicos entre eles estão: "O Cliente" (1994) e "Tempo de Matar" (1996), ambos foram baseados em livros de John Grisham, e "Oito Milímetros" (1999), protagonizado por Nicolas Cage, entre vários outros.

Batman

Mesmo com uma carreira impressionante em Hollywood, talvez o nome do diretor seja mais conhecido por muitos por seu trabalho em filmes da franquia Batman.

Ele foi escolhido pela Warner para substituir Tim Burton, quando este afirmou que não iria dirigir um terceiro filme da saga do Homem-Morcego após seus dois filmes: "Batman" (1989) e "Batman: O Retorno" (1992).

Schumacher começou sua história na franquia com "Batman Eternamente". Ele levou para o filme que tinha Val Kilmer como Bruce Wayne/Batman, elementos mais cartunescos e cômicos, que lembravam a clássica série televisiva do personagem na década de 1960.

O filme também chamava a atenção por ter os astros: Jim Carrey, que deu vida ao vilão Charada, enquanto Tommy Lee Jones interpretou o vilão Duas Caras.

Mesmo tendo recebido críticas negativas, o filme foi bem nas bilheterias, o que deu mais liberdade para o cineasta extrapolar mais ainda na produção seguinte, "Batman & Robin".

Assim como o anterior, este também tinha um elenco de grandes nomes do Cinema na década de 1990.

O galã George Clooney foi quem deu vida ao super-herói. Chris O'Donnell interpretou Robin. A produção tinha como principais vilões: Senhor Gelo (Arnold Schwarzenegger) e Hera Venenosa (Uma Thurman). Se o filme anterior foi um fracasso de crítica, mas agradou ao público, “Batman & Robin” conseguiu desagradar ao público e também à crítica.

Mesmo depois de ver sua carreira ser marcada por estes dois filmes de gosto duvidoso, Schumacher continuou trabalhando no cinema até 2011. Nesse ano ele dirigiu “Reféns”, protagonizado por dois amigos, Nicole Kidman e Nicolas Cage. Na TV, ele dirigiu dois episódios da primeira temporada da série original Netflix “House of Cards", em 2013.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!