O astro do Cinema Will Smith e o cineasta Antoine Fuqua estão envolvidos na produção do longa-metragem "Emancipation", que irá contar uma história sobre a escravidão dos negros nos Estados Unidos. A trama será ambientada na Guerra de Secessão, entre 1861 e 1865 e é baseada em eventos reais. As informações são do portal Deadline.

O site informou na quarta-feira (1), que a Apple adquiriu os direitos do projeto por US$ 105 milhões, algo em torno de R$ 556 milhões. O filme foi um dos mais disputados na edição digital do Festival de Cannes (Marché du Film). Depois de um disputadíssimo leilão ao longo da semana que envolveu grandes estúdios como a Warner Bros, a Apple saiu ganhadora da disputa e a produção se tornou a aquisição mais cara da história do Festival de Cannes.

História real

O filme é baseado em eventos reais. Will Smith interpretará Gordon, um escravo que vivia na parte do sul dos Estados Unidos na época da Guerra da Secessão. O sul do país era formado por estados que defendiam a escravidão, então o plano de Gordon era fugir para o norte do país e se juntar aos soldados dessa região, os estados do norte eram contrários à escravidão. Desta maneira, o protagonista terá que escapar de seus inimigos nos pântanos da Lousiana.

A história de Gordon ficou muito famosa por causa de uma fotografia em que ele aparece com as costas cheias de cicatrizes provocadas pelos castigos que os escravos eram submetidos. Ele era escravo em uma plantação no sul dos Estados Unidos.

O diretor Antoine Fuqua, que ficou famoso por dirigir o filme protagonizado por Denzel Washington e Ethan Hawke "Dia de Treinamento" (2001), falou sobre a história de Gordon.

Esta foi a primeira imagem que viralizou ao revelar a brutalidade da escravidão. Não é possível mudar o passado, porém é possível lembrar as pessoas do que aconteceu, ele finalizou dizendo que acredita que isto pode ser feito “de uma maneira precisa e real”.

Thriller de ação

Esta foi a classificação que o filme ganhou e sua trama provavelmente irá se concentrar nos dez dias que Gordon levou tentando se manter vivo nos pântanos da Lousiana.

O roteiro é de William N. Collage. O interesse em produzir este filme cresceu por causa dos recentes eventos de brutalidade policial, ocorridos no país de Donald Trump. Incluindo o assassinato do homem negro, George Floyd, por um policial branco, que gerou uma onda de protestos nos EUA e se espalhou pelo resto do mundo.

A presença do ator Will Smith no projeto foi outro atrativo para os investidores.

As gravações estão previstas para o início do próximo ano, mas ainda não foi definida uma data de estreia. O filme estreará na Apple TV+ pouco tempo depois de sua estreia nos cinemas.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!