Você lembra do caso que virou notícia em todo o mundo, afirmando que um homem estaria gravido? Não estamos nos referindo a qualquer filme de animação, estamos nos referindo a Thomas Beaty, o homem que ganhou destaque nos mais diversos meios de comunicação do mundo no ano de 2007. Ele ficou conhecido como o primeiro homem a engravidar. É fato que ele é legalmente um homem, porém ainda possui um útero e na época realizou uma transição hormonal alguns anos antes de engravidar.

Mais precisamente no ano de 2008, ele deu à luz sua primeira filha, ficou tão feliz que resolveu repetir a dose e, no ano de 2011, teve meninos gêmeos.

Todo esse acontecimento atraiu a atenção da mídia, porém ele e sua esposa Nancy acabaram sofrendo por alguns preconceitos, a exemplo de ameaças, assédios, além de insultos pelas ruas onde passavam e até mesmo no mundo virtual.

Como foi o parto das crianças?

O corpo de Thomas Beaty passou por algumas mudanças devido à transição hormonal que ele realizou nos anos anteriores, porém não temos certeza do que se passa por baixo de suas calças. O que foi divulgado é que as crianças nasceram através do parto cesariano e que todas foram concebidas por meio de inseminação artificial [VIDEO].

Lucrando com a gravidez

Thomas passou por experiências que nenhum outro homem normal poderia ter, diante disso, ele escreveu um livro, explicando para seus leitores como é ser homem e estar grávido. Ele assegura que a vontade de ter filhos não deveria ser particular a um gênero, pois acredita que essa escolha deve ser feita por todos os seres humanos.

Thomas faturou com sua aparição em um reality show na França, unindo o útil ao agradável, conseguiu lucrar com sua gravidez de uma maneira muito produtiva.

Nem tudo são flores

Diante do sucesso encontrado ao longo da gravidez, ele também encontrou dificuldades. Após ficar anos sob atenção indesejável, acabou sobrecarregando sua relação e, com isso, ocorreu a temida separação de Thomas e sua esposa. Infelizmente, tudo se acabou de forma não amigável, pois como ele não era legalmente um homem quando se casou no Arizona, a Justiça decidiu que o casamento não era de forma legal. Somente após um bom tempo, com inúmeros apelos é que a decisão da Justiça foi revogada [VIDEO].

Queixas de assédio

Após se divorciar, Thomas ainda chegou a ser preso, sob a acusação de assédio contra sua ex-esposa Nancy. Ela o acusou de persegui-la por todos os lugares onde transitava.

Felicidade no segundo casamento

De forma feliz ele conseguiu encontrar um novo amor. No ano de 2016, ele decidiu casar-se novamente. Sua segunda esposa, Amber Nicholas, afirma que pensa em ter filhos. Diante disso, pode ser que ele tenha mais alguns descendentes.