Os gases fazem parte da vida de todos nós, entretanto a maioria das pessoas sente vergonha de falar sobre o assunto, porque eles podem ser desagradáveis, malcheirosos e algumas vezes até barulhentos. Apesar de ser um tabu entre as pessoas, os cientistas resolveram não ignorar o tema, e, um grupo de pesquisadores do Reino Unido realizou uma pesquisa a respeito do tema.

Estudos revelam que o cheio do gás do pum de nossos parceiros pode prolongar a nossa vida

Os cientistas da Universidade de Exeter, na Inglaterra, descobriram que o cheiro que normalmente é desagradável, pode sim trazer alguns benefícios para a Saúde, e, por isso, vir a ser motivo de comemoração.

A pesquisa realizada recentemente descobriu que o cheiro do gás do pum pode prevenir, além do câncer, diversas outras doenças, e, ainda, podem prolongar a vida de uma pessoa

Um dos cientistas responsáveis pelo estudo, Dr. Matt Whiteman, informou em entrevista que apesar do ácido sulfídrico ser mais conhecido por ser pungente, o gás com odor desagradável, comumente encontrado em ovos podres, bem como na flatulência, e que é naturalmente produzido no corpo humano, pode sim ser eficaz para a saúde do ser humano, e ser usado em novas formas para tratamento de certas doenças.

Ainda segundo informou o Dr. Whiteman, o principal responsável pelo benefício causado para o indivíduo que está perto de quem eliminou os gazes, seria o sulfeto de hidrogênio, que está presente na formação dos gazes provindos do intestino. [VIDEO]

Pesquisadores explicam melhor como o cheiro do gás do pum pode ser benéfico

Mesmo o gás do pum tendo um cheiro um tanto desagradável, os pesquisadores responsáveis pelo estudo afirmam que o odor pode ser eficaz na prevenção de acidentes vasculares cerebrais (AVC), artrite, ataques cardíacos, demência e ainda o câncer.

Para se chegar a estas respostas, os pesquisadores passaram a injetar pequenas doses de ácido sulfídrico diretamente nas mitocôndrias, que são pequenos organelas celulares de grande importância para o corpo humano e que são responsáveis pela respiração celular. A conclusão do estudo foi de que o gás preserva a mitocôndria que foi afetada, mantendo-a viva, o que, consequentemente, ajuda a prevenir o surgimento de diversas doenças.

O estudo foi apresentado pelos cientistas na conferência de Kyoto, no Japão, porém ainda não existem tratamentos convencionais feitos à base do gás sulfídrico. Entretanto, os cientistas esperam que esse fato não esteja tão distante de acontecer. Por isso, quando seu parceiro soltar um pum próximo a você, pense muito antes de ficar irritado (a), pois sua saúde pode agradecer tal fato.