7 protestos marcantes da cerimônia do Oscar

Sacheen Littlefeather representando Marlon Brando na entrega do Oscar de Melhor Ator em 1973 (Fonte: theverge.com)
Sacheen Littlefeather representando Marlon Brando na entrega do Oscar de Melhor Ator em 1973 (Fonte: theverge.com)

Uma lista com alguns dos maiores protestos já realizados na maior cerimônia de premiação do cinema.

Não perca as atualizações mais recentes
Clique no tópico que você está interessado.
Vamos mantê-lo atualizado com as últimas notícias.

Na última terça-feira (22/01/2019), a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou os indicados para a 91ª cerimônia do Oscar.

Aproveitando a ocasião, listamos alguns dos maiores protestos já realizados na cerimônia do mais importante evento de premiações do Cinema mundial.

1

Marlon Brando - 1973

Após conquistar o Oscar de Melhor Ator atuando como Vito Corleone, em "O Poderoso Chefão", Brando se recusou a comparecer à cerimônia em protesto a maneira como os povos indígenas eram tratados nos filmes. Em seu lugar, enviou Sacheen Littlefeather, representante e ativista dos direitos indígenas dos Estados Unidos, que leu um discurso escrito pelo ator. Logo depois, a Academia proibiu que fossem enviados representantes nas premiações. Este é o protesto mais emblemático da história do Oscar.

2

Frances McDormand - 2018

Após conquistar o Oscar de Melhor Atriz pelo trabalho em "Três Anúncios para Um Crime", Frances McDormand colocou a estatueta no chão, pediu para que todas as mulheres se levantassem e discursou pela igualdade e valorização das mulheres em Hollywood e contra os casos de assédio sexual.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Cinema
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!