7 protestos marcantes da cerimônia do Oscar

Uma lista com alguns dos maiores protestos já realizados na maior cerimônia de premiação do cinema.

Veja o vídeo da notícia
Não perca nossa página no Facebook!
Curta a página da Blasting News no Facebook: vamos te manter atualizado com todas as últimas notícias.
Publicidade

Na última terça-feira (22/01/2019), a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou os indicados para a 91ª cerimônia do Oscar.

Aproveitando a ocasião, listamos alguns dos maiores protestos já realizados na cerimônia do mais importante evento de premiações do Cinema mundial.

1

Marlon Brando - 1973

Após conquistar o Oscar de Melhor Ator atuando como Vito Corleone, em "O Poderoso Chefão", Brando se recusou a comparecer à cerimônia em protesto a maneira como os povos indígenas eram tratados nos filmes. Em seu lugar, enviou Sacheen Littlefeather, representante e ativista dos direitos indígenas dos Estados Unidos, que leu um discurso escrito pelo ator. Logo depois, a Academia proibiu que fossem enviados representantes nas premiações. Este é o protesto mais emblemático da história do Oscar.

Publicidade
Publicidade
2

Frances McDormand - 2018

Após conquistar o Oscar de Melhor Atriz pelo trabalho em "Três Anúncios para Um Crime", Frances McDormand colocou a estatueta no chão, pediu para que todas as mulheres se levantassem e discursou pela igualdade e valorização das mulheres em Hollywood e contra os casos de assédio sexual.

Publicidade
Publicidade
Leia tudo e assista ao vídeo
Publicidade
Publicidade