Há vários vistos para poder residir em Portugal. Aqui abordaremos três: o visto temporário, visto de residência e visto de rendas próprias. Essas informações são primárias para quem pretende migrar para um país europeu com alto padrão de vida, no caso em específico, Portugal.

O Consulado Geral de Portugal comunicou em abril de 2019 a criação de um site oficial para pedir visto em Portugal. Na plataforma virtual encontram-se informações sobre quais documentos necessários e qual centro de solicitação de visto mais próximo.

O portal do consulado português pode ser pesquisado em qualquer site de busca. Lá será encontrado qual o tipo de visto indicado.

Para entrar em Portugal como turista, o brasileiro não precisa de visto e tem o direito de permanecer legalmente no país por até 90 dias. Após este período, querendo continuar em território luso, ele deve aplicar para um visto.

Devido à extensão do texto e após pesquisar no site do Consulado Geral de Portugal, apresentaremos apenas três possibilidades de estadia em território português.

Existem outras, mas neste artigo abordaremos as seguintes:

Visto de Estada Temporária

  • É válido por 12 meses, utilizado por estudantes, devido o curto tempo de estadia;
  • No ato de solicitação do documento, o estudante comprovar sua matrícula na unidade ensino superior de Portugal.
  • Algumas universidades brasileiras possuem intercâmbio com instituição superior de ensino lusitano.
  • Para conseguir essa autorização o estudante precisa comprovar sua renda e que dispõe de condições econômicas para estar em solo europeu.

Visto de Residência

  • Válido por mais de um ano. Normalmente utilizado por trabalhadores em terras portuguesas.
  • Para um brasileiro conseguir trabalho em Portugal é necessário uma carta convite da empresa em que foi selecionado.
  • De posse dessa carta-convite, o profissional deve solicitar visto na representação diplomática portuguesa mais próxima da sua residência.

Visto de Residência para aposentados ou titulares de rendimentos

  • Buscando mais qualidade de vida após se aposentarem, muitas pessoas procuram Portugal como destino, desde que o aposentado consiga comprovar que consegue se manter no Velho Continente.
  • Europeus, por meio da lei de cidadania portuguesa, promulgada em 2018, não precisam requerer visto.

Portugal é um país europeu muito atrativo aos olhos de brasileiros que desejam morar na Europa. O fator do idioma, oportunidades de trabalho e as universidades são tidos como principais objetivos dos brasileiros que almejam a mudança para o Velho Continente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo