As bananas possuem 12% da quantidade diária recomendada de potássio e 20% da quantidade das vitaminas C e B6, de acordo com o portal Health, além de apresentar 3 gramas de fibras em uma unidade. É também fonte de amido resistente, um tipo de amido que suprime o apetite e provoca a sensação de saciedade. Para usufruir ao máximo os benefícios da banana, a nutricionista australiana Susie Burrel indica também a ingestão da casca.

Segundo ela, aumenta-se a porcentagem de fibras alimentares, obtém-se uma adição de 20% na dosagem de vitamina B6, além de haver um maior aproveitamento de potássio e magnésio.

A sugestão não é ingerir diretamente a casca, mas fervê-la para suavizá-la, o que irá também tornar mais fácil a absorção dos nutrientes. Depois, é só incluí-la como ingrediente de outras receitas, cremes ou vitaminas.

A casca de banana verde é rica no aminoácido triptofano, associado à boa qualidade do sono. Já a casca de banana madura possui uma quantidade maior de antioxidantes associados a efeitos anticancerígenos.

Há especulações sobre a possibilidade de emagrecimento por meio de dietas com cascas de banana.

Teoricamente, nutrientes com fibras, prebióticos e antioxidantes ajudam na perda de peso.

Entretanto, embora a casca de banana seja comestível e tenha valor nutricional comprovado, não há evidências científicas de que ajuda a emagrecer, afirma a nutricionista do Health, Cynthia Sass, que também é autora de best-sellers sobre nutrição e referência na área em diversos veículos internacionais de comunicação, além de ter sido consultora do New York Yankees (famoso time de beisebol).

Para ela, não existe, por exemplo, uma correlação quanto ao tipo (se verde ou madura) o método de preparo, a quantidade específica a ser consumida e a quantidade de peso perdido em um dado espaço de tempo.

Em todo caso, caso se opte por comer a casca, o ideal é escolher o alimento orgânico para evitar resíduos de pesticidas e agrotóxicos, sugere a nutricionista.

Dicas de receitas

  • Farofa – Pode-se adicionar a casca de banana ao refogar outros ingredientes do prato, como cenoura, abóbora cortada em cubos pequenos e cebola; adicionar farinha de mandioca torrada e semente de abóbora tostada.
  • Bolinho – Misturar em um recipiente, com exceção do óleo, a casca bem picada (2 xícaras), leite (1 xícara) , farinha de trigo (2 xícaras) , um ovo, uma colher pequena de sal e outra de fermento; fazer os bolinhos com uma colher; fritar.
  • Vitamina – 1 casca, 2 bananas, ½ xícara de aveia em flocos, leite, 2 cubinhos de gelo; bater no liquidificador.
  • Pão – Bater as cascas, água, óleo, ovos e o fermento; acrescentar farinha, sal, açúcar e as bananas em rodelas à massa; assar.
  • Pão integral – Bater seis cascas, azeite (½ xícara) , leite, (½ xícara), um ovo; misturar em outro recipiente o açúcar mascavo (½ xícara), farinha de trigo integral (3 xícaras), uma pitada de sal; dissolver uma colher cheia de fermento em água e colocar na mistura de cascas; juntar ingredientes; assar por meia hora (240 graus).
Não perca a nossa página no Facebook!