O site Cine Click publicou um artigo analisando a franquia de sucesso "Missão Impossível", que é protagonizada pelo astro Tom Cruise. A cinessérie que se iniciou em 1996 conta com seis longas-metragens. A saga foi inspirada na série de TV homônima de Bruce Geller. Mesmo depois de 24 anos de sua estreia nos cinemas, Missão Impossível continua seu aspecto inovador e conquistando novos fãs a cada filme lançado.

IMF

A trama de "Missão Impossível" é centrada na agência de espionagem IMF (Impossible Mission Force, que em português quer dizer Força Missão Impossível). A agência usa meios não convencionais para combater criminosos extremamente perigosos e que usam meios igualmente não convencionais para cometer crimes que geralmente tem como objetivo a dominação mundial.

O próprio nome da franquia já entrega o que será visto nas telas, altas doses de ação com muitas cenas empolgantes, "Missão Impossível" é uma das principais franquias de sucesso atualmente nos cinemas, ao lado de “Velozes & Furiosos”.

Arcos dramáticos

Mas, diferentemente das constantes quebras de várias leis da física que são vistas na franquia protagonizada por Vin Diesel, A franquia protagonizada por Tom Cruise procura dar maior verossimilhança em suas cenas de ação – nem sempre consegue – além de se preocupar com os arcos dramáticos. Esses arcos dramáticos da franquia são explorados de maneiras distintas em cada filme e apresentam muitas diferenças entre si, até pelo menos o quinto longa.

Diretores

Até o quarto filme da franquia, “Missão Impossível: Protocolo Fantasma” (2011), foram quatro diretores que passaram pela saga: Brian De Palma; John Woo; J.J. Abrams e Brad Bird. Cada um desses cineastas abordou de maneira diferente os personagens da saga.

Em 1996 o renomado Brian De Palma levou muito suspense ao primeiro longa-metragem, enquanto o diretor chinês John Woo levou para as telas sua marca registrada, uma ação frenética e caricatural, com suas tradicionais cenas em câmera lenta e seus queridos pombos.

J.J. Abrams se interessou em mostrar na tela uma carga dramática mais elevada para a trama, enquanto Brad Bird apostou mais na leveza flertando com elementos bizarros.

Christopher McQuarrie

O cineasta americano foi o responsável pelos dois últimos filmes da franquia: “Missão Impossível: Nação Secreta” (2015) e “Missão Impossível: Efeito Fallout” (2018) e já está garantido nos próximos dois filmes.

McQuarrie soube levar à franquia os elementos que foram abordados pelos outros cineastas que passaram pela saga, além de ter o mérito de conseguir manter a saga como um dos maiores blockbusters da atualidade.

Tom Cruise

O ator é sinônimo de "Missão Impossível", a franquia é toda feita para que ele, com seu personagem Ethan Hunt, seja o centro das atenções. Cruise participou de todos os capítulos da saga. Seu protagonista pode ser definido por duas características: fisicalidade e pelo aspecto dramático.

Lealdade

Ethan Hunt em todos os filmes da franquia se mostrou leal aos seus companheiros de equipe e aos seus entes queridos. Um exemplo desta característica do personagem pode ser visto em “Missão Impossível 3” (2006) quando Hunt tenta salvar a todo custo a amada.

Corrida

Tom Cruise é conhecido por dispensar o uso de dublês em suas cenas de ação, o ator protagoniza na saga algumas das cenas mais icônicas dos filmes de ação. Sendo este talvez o maior atrativo dos filmes, também já é uma marca registrada de Cruise seu tradicional modo de correr, que é visto em quase todos os filmes que participa.

Amigos

A equipe liderada por Ethan Hunt é formada por mais que meros colegas de trabalho, eles são praticamente uma família. Assim como Ethan Hunt, outros personagens também são marcas registradas da saga. Ving Rhames dá vida ao especialista em tecnologia Luther que sempre auxilia Ethan Hunt nas mais ousadas missões, ele está da franquia desde o primeiro capítulo, mesmo que em alguns filmes ele faça apenas uma pequena ponta.

Luther já mostrou que é um dos poucos que compreendem a personalidade fechada de Ethan Hunt.

Benji, o personagem de Simon Pegg apareceu pela primeira vez em “Missão Impossível 3” como um alívio cômico, mas com o passar dos anos, também tornou-se um grande amigo do protagonista vivido por Tom Cruise, ele ganhou mais espaço na trama e até chegou a se tornar agente de campo.

Julia é o grande amor da vida de Hunt, a personagem de Michelle Monaghan desde “Protocolo Fantasma” está envolvida nos arcos dramáticos do espião. Além disso, ela é um contraponto interessante para o personagem de Cruise, pois Julia é uma pessoa normal que se envolveu com alguém que não leva uma vida comum.

O Sindicato

A organização criminosa foi vista pela primeira vez em “Protocolo Fantasma” e seguiu causando problemas para a MIF desde então, ela está presente também em “Efeito Fallout”.

Neste filme o ator Henry Cavill viveu o agente duplo Walker, que trabalhava para o Sindicato.

Philip Seymour Hoffman

O talentoso ator, falecido precocemente em 2014 com apenas 46 anos, se tornou um marco na história da saga, com seu inesquecível vilão Owen Davian, visto em “Missão Impossível 3”, ele protagonizou cenas memoráveis ao lado de Tom Cruise.

Futuro

O sétimo "Missão Impossível" está previsto para estrear em julho do próximo ano, as filmagens do longa chegaram a ser adiadas por causa da pandemia do novo coronavírus, sendo assim, pode haver alteração na data de estreia. O elenco trará novos rostos: Nicholas Hout, de “X-men: Fênix Negra; Hayley Atwell, “Capitão América: O Primeiro Vingador” e Pom Klementieff de “Guardiões da Galáxia Vo.

2”. Também já está confirmado o oitavo filme da franquia que assim como o sétimo, será dirigido por Christopher McQuarrie.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!