A distribuição do auxílio emergencial já foi aprovada, sendo estipulado datas para o pagamento do benefício e também regras para os brasileiros poderem recebê-lo. O auxílio de até R$ 1,2 mil será pago com depósito em conta.

Todos os pagamentos terão transferência para a conta daqueles que estão recebendo o benefício, dando uma maior preferência para quem é cliente do Banco do Brasil ou tem conta na Caixa Econômica Federal.

O calendário será diferente de acordo com o perfil de cada beneficiário, se distinguindo entre:

  • Beneficiário do Bolsa Família;
  • Inscrito no Cadastro único (CadÚnico);
  • Clientes do Banco do Brasil ou quem tem conta na Caixa Econômica Federal;

Os fatores listados acima serão importantes para saber quem irá receber o auxílio nos próximos dias.

Pagamento inicial do Auxílio Emergencial

As primeiras pessoas a poderem receber o auxílio serão aqueles que estiverem inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), que não são beneficiários do Bolsa Família e que têm conta no Caixa Econômica Federal ou no Banco do Brasil.

O pagamento para aqueles que se classificam no perfil citado acima se iniciará nesta quinta-feira (9).

Os próximos que poderão receber o auxílio emergencial serão aqueles que se encaixam nos critérios citados acima, mas não são clientes do Banco do Brasil ou têm conta na Caixa Econômica Federal. Ou seja, aqueles que estão inscritos no Cadastro único e que não são beneficiários do Bolsa Família.

O pagamento de tal grupo irá começar no dia 14 de abril, na terça-feira.

Aqueles trabalhadores informais que não estão inscritos no Cadastro Único e que não recebem o auxílio do Bolsa Família devem se inscrever no aplicativo oficial para conseguir receber o benefício. O aplicativo se chama “Auxílio Emergencial”, estando disponível em todas as lojas virtuais, como, por exemplo, a Play Store.

Após baixa-lo, você deverá se cadastrar. Depois disso, dinheiro estará disponível em até 5 dias úteis.

Por fim, aqueles que são beneficiários do Bolsa Família terão o auxílio de R$ 600 seguindo o calendário do programa.

Os pagamentos para quem está nesse perfil acontecerá nos últimos 10 dias úteis do mês de abril.

Segundo pagamento do 'coronavoucher'

A Caixa Econômica Federal foi a público para informar que a segunda parcela do “coronavoucher” será realizado de acordo com a data de aniversário de cada pessoa beneficiada.

Aqueles que nasceram em tal mês receberão na data citada:

Janeiro, Fevereiro e Março

Irão receber o benefício no dia: 27/04.

Abril, Maio e Junho

Irão receber o benefício no dia: 28/04.

Julho, Agosto e Setembro

Irão receber o benefício no dia: 29/04

Outubro, Novembro e Dezembro

Irão receber o benefício no dia: 30/04

É necessário deixar claro que o calendário citado acima não irá valer para aqueles que são beneficiados do Bolsa Família, pois estes continuarão recebendo de acordo com o calendário próprio.

Terceiro pagamento do auxílio emergencial

Para a terceira parcela do auxílio, o calendário será semelhante ao anterior. Agora, a data de aniversário daquele que está recebendo o pagamento definirá quando será a data de depósito. Quem nasceu em tais meses irão ter o depósito realizado no dia citado abaixo:

Janeiro, Fevereiro e Março

Será depositado no dia: 26/05

Abril, Maio e Junho

Será depositado no dia: 27/05

Julho, Agosto e Setembro

Será depositado no dia: 28/05

Outubro, Novembro e Dezembro

Será depositado no dia: 29/05

Mais uma vez, é importante lembrar que aqueles que possuem o benefício do Bolsa Família irão seguir no mesmo calendário, que, como exposto, irá valer para os 10 dias úteis do mês.

Como receber o auxílio emergencial do governo?

Caso tenha a intenção de receber os R$ 600 que estão sendo auxiliados para o combate contra o novo coronavírus, é necessário seguir os passos listados logo abaixo:

Clique no link para acessar o site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio

Baixe o aplicativo da caixa para seu celular android neste link: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio

Caso esteja usando um iOS (celulares iPhone), deverá baixar o aplicativo por esse link: https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331

Tenha cuidado com aplicativos falsos (golpes)

Aquelas pessoas que se classificam como trabalhadores informais que não se inscreveram no Cadastro Único e também não recebem o auxílio do Bolsa Família, necessitam realizar o pedido para que possam ter o direito ao benefício.

O processo será realizado de forma virtual no aplicativo oficial. Por isso, tenha bastante cuidado quando baixar a realizar seu cadastro, fazendo isso sempre nos aplicativos oficiais e atento quanto as empresas que estão por trás. Seguindo os passos de como receber o auxílio, você estará seguro.

Após se inscrever e comprovando que todos os requisitos se encaixam ao seu perfil, o benefício deverá ser concedido em sua conta durante os próximos dois meses.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!