Milhões de brasileiros estão ansiosos para poder receber o auxílio emergencial de R$ 600 ou R$ 1.200, afinal, as contas continuam chegando em nossas casas e grande parte da população está impedida de trabalhar devido ao isolamento social contra a pandemia do novo coronavírus. Felizmente, muitas pessoas já estão recebendo o benefício concedido pelo Governo. No entanto, algo que está repercutindo bastante neste momento é sobre quanto tempo irá demorar para poder receber o auxílio emergencial após o mesmo ter sido aprovado.

Caso tenha esta dúvida, abaixo, explicaremos tudo sobre o assunto.

Após aprovado, quanto tempo para receber o benefício?

Após o auxílio emergencial, ou "coronavoucher", ter tido a aprovação, o cidadão poderá se ver diante de outra preocupação: a demora para o pagamento ser efetuado. No entanto, não é necessário se desesperar, pois, após ter sido aprovado, não irá demorar muito tempo para o dinheiro ser liberado e poder ser usado de forma digital.

Infelizmente, para sacar tal valor irá demorar um pouco. O motivo de tudo isso é evitar possíveis aglomerações nas lotéricas e nas agências bancárias.

Se ainda não tiver recebido o coronavoucher, falta pouco tempo para pode usar a quantia de um modo digital pelo aplicativo denominado “Caixa TEM”.

É necessário ressaltar também que, por motivos de Saúde, é extremamente importante ficar em casa, especialmente para aqueles que se enquadram no grupo de risco do novo coronavírus, que estão inseridas aquelas pessoas obesas, aqueles com problemas pulmonares, cardíacos, fumantes, hipertensos e também pessoas com problemas renais.

Os idosos, principalmente aquele com mais de 80 anos, devem manter um cuidado dobrado com o vírus.

Calendário de pagamento do coronavoucher

O calendário para o pagamento do auxílio emergencial já foi divulgado pela Caixa Econômica Federal. Abaixo, poderá descobrir em qual grupo está inserido para receber o benefício do governo.

Público com cadastro no CadÚnico

Parcela 1

  • Aqueles que possuem conta na Caixa Econômica Federal ou são clientes do Banco do Brasil – 9 de abril.
  • Aqueles que possuem conta poupança digital na Caixa Econômica Federal recebe a partir de 14 de abril.

Parcela 2

A segunda parcela do auxílio emergencial será de acordo com a data de aniversário de cada beneficiário.

  • Aqueles que nasceram nos meses de janeiro, fevereiro e março: 27 de abril;
  • Aqueles que nasceram nos meses de abril, maio e junho: 28 de abril;
  • Aqueles que nasceram nos meses de julho, agosto e setembro: 29 de abril;
  • Aqueles que nasceram nos meses de outubro, novembro e dezembro: 30 de abril.

Parcela 3

A terceira parcela do auxílio emergencial também será de acordo com o mês de aniversário de cada beneficiário.

  • Aqueles que nasceram nos meses de janeiro, fevereiro e março: 26 de maio;
  • Aqueles que nasceram nos meses de abril, maio e junho: 27 de maio;
  • Aqueles que nasceram nos meses de julho, agosto e setembro: 28 de maio;
  • Aqueles que nasceram nos meses de outubro, novembro e dezembro: 29 de maio.

Público com cadastro feito pelo aplicativo ou site

Parcela 1

  • Aqueles que possuem conta na Caixa, são clientes do Banco do Brasil ou em outras instituições financeiras poderão receber o benefício a partir do dia 14 de abril.

Parcela 2 (de acordo com a data de aniversário)

  • Nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março: 27 de abril;
  • Nascidos nos meses de abril, maio e junho: 28 de abril;
  • Nascidos nos meses e julho, agosto e setembro: 29 de abril;
  • Nascidos nos meses de outubro, novembro e dezembro: 30 de abril.

Parcela 3 (também obedecerá a data de aniversário)

  • Nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março: 26 de maio;
  • Nascidos nos meses de abril, maio e junho: 27 de maio;
  • Nascidos nos meses de julho, agosto e setembro: 28 de maio;
  • Nascidos nos meses de outubro, novembro e dezembro: 29 de maio.

Aqueles que já são beneficiários do Bolsa Família

Para a parte da população que já é beneficiário do Bolsa Família, não será necessário realizar o cadastro no site ou aplicativo.

A avaliação será realizada de forma automática, tendo o pagamento creditado no próprio cartão do Bolsa Família. O benefício recebido será aquele de maior valor, com o calendário obedecendo as datas normais de pagamento.

Primeira parcela

  • Será realizada entre os dias 16 e 30 de abril.

Segunda parcela

  • Será realizada entre os dias 18 e 30 de maio.

Terceira parcela

  • Será realizada entre os dias 17 e 30 de junho.

Quanto tempo irá demorar para receber o auxílio emergencial em dinheiro

A Caixa Econômica Federal, visando evitar possíveis aglomerações, dividiu o calendário em 6 datas para o público que irá receber o benefício:

  • Aqueles que nasceram entre os meses de janeiro ou fevereiro poderão pegar o pagamento a partir do dia 27 de abril;
  • Quem nasceu nos meses de março e abril poderão realizar o saque no dia 28 de abril;
  • A parte da população que nasceu nos meses de maio e junho poderão receber o benefício no dia 29 de abril;
  • Aqueles nascidos entre junho e agosto receberão o auxílio no dia 30 de abril;
  • Aqueles que nasceram entre os meses de setembro e outubro poderão realizar o saque no sai 4 de maio;
  • Finalizando, aqueles que nasceram nos meses de novembro e dezembro terão acesso ao dinheiro no dia 5 de maio.

Quem necessita realizar o saque do auxílio emergencial poderá realizar em uma lotérica, sem a necessidade de portar um cartão da conta.

No entanto, caso seja possível, evite sair de casa.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!