Milhões de pessoas acessaram o sistema do auxílio emergencial de R$ 600 nesta terça-feira (7) através do site oficial do programa e do aplicativo para celulares. Com muita gente tentando fazer o cadastro, algumas plataformas apresentaram falhas, o que foi reconhecido pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, segundo publicou o portal UOL.

A expectativa, de acordo com Guimarães, é processar os 20 milhões de cadastros com direito ao recebimento do auxílio emergencial de R$ 600 ainda nesta terça-feira. Após constatar algumas falhas no sistema, o presidente da Caixa pediu desculpas e paciência aos usuários reforçando que a lentidão poderá continuar ao longo do processo.

"Hoje será dia de maior intensidade", disse ele.

Até o começo da tarde, segundo apurou o presidente da Caixa, foram efetuados aproximadamente 10 milhões de cadastros para o recebimento do auxílio emergencial de R$ 600.

Mais de 31 milhões de pessoas acessaram site

O site da Caixa Econômica Federal foi acessado por mais de 31 milhões de pessoas nesta terça-feira para a realização do cadastro para recebimento do auxílio emergencial de R$ 600 disponibilizado pelo Governo Federal como forma de renda para ajudar os brasileiros a conseguir passar com mais tranquilidade o período de pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Além da quantidade de acessos fora do normal, o telefone para esclarecer as dúvidas dos usuários recebeu mais de 330 mil ligações até metade da tarde.

Aplicativo da Caixa para o auxílio emergencial

Para quem ainda não fez o cadastro para receber a ajuda emergencial do Governo Federal, basta baixar o aplicativo da Caixa nos celulares que usam o sistema Android ou iOS. Outra alternativa é realizar o cadastro através do site do banco e em caso de dúvidas, buscar ajuda através do telefone 111, disponibilizado gratuitamente para atender a todos que estão buscando atendimento com o auxílio emergencial.

Tem direito a receber o auxílio os usuários cadastrados no programa Bolsa Família, autônomos, informais e MEIs, desde que preencham os critérios estabelecidos pelo Governo.

Quem recebe o Bolsa Família não precisa fazer o cadastro no aplicativo ou site da Caixa, pois o próprio sistema fará a seleção daqueles que tem direito ao benefício.

Para outros aprovados que tenham conta poupança na Caixa ou conta corrente no Banco do Brasil, basta informar os dados bancários na hora do cadastro.

Também existe um botão para criação de uma conta bancária para recebimento do auxílio, caso o usuário não tenha poupança ou conta corrente em um desses bancos.

Quem fizer o cadastro anda nesta terça-feira receberá a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 até quinta-feira (9). O restante deverá receber até o dia 14 de abril, segundo informou a Caixa.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!