Na busca por matrículas, alguns cursos, de diversas regiões do Brasil, encaminham aos alunos das redes pública e privada uma carta com promessa de primeiro #Emprego, onde afirmam fazer parte do programa Jovem Aprendiz. Como em geral as cartas são encaminhada a menores de 18 anos, é solicitado o comparecimento de um responsável na instituição para informações e matrículas deste alunos em um programa de treinamento, que prometem encaminhar os jovens para o primeiro emprego.

Os responsáveis acabam realizando contratos de cursos com cláusulas com multas, caso haja desistência por parte do aluno. Outro fator é que quando os estudantes chegam ao final do curso, não há nenhuma vaga de emprego.

Muitas vezes para ludibriar os envolvidos, os responsáveis pelas instituições de ensino chegam a dizer que o aluno não se enquadrou, ou que o currículo do aluno está arquivado para que empresas que supostamente estão ligadas ao programa possam selecionar os candidatos.

Embora afirmem que não há a garantia de emprego, todo processo de matrícula oferecido é baseado em uma suposta vaga de emprego de um programa que afirmam fazer parte. Mesmo sendo um #Golpe tão antigo, ele continua a ser aplicado em todo país, até mesmo por grandes franquias de cursos.

O programa Jovem Aprendiz [VIDEO] é oferecido aos jovens de 14 a 24 anos, por empresas de pequeno, médio e grande portes. O programa visa remunerar e ensinar o ofício ao aluno dos ensinos fundamental e médio.

Como identificar o golpe

Se a empresa que está oferecendo a vaga de emprego informar que para participar do processo seletivo é necessário realizar algum curso pago, com certeza, ela não participa de nenhum programa de incentivo para jovens aprendizes.

Os melhores vídeos do dia

Outro meio utilizado para enganar aqueles que buscam a contratação é feito através do oferecimento de super descontos. Os cursos oferecem o curso gratuito e o aluno deve pagar o material didático, que acabam por compensar o valor do curso.

Onde encontrar vaga para jovem aprendiz

Existem locais confiáveis para a busca de uma oportunidade de trabalho do programa Jovem Aprendiz e nenhuma delas encaminha carta ou outro comunicado a alunos que não tenham inicialmente se inscrito em seus banco de dados.

Um deste locais é o Centro Integrado Empresa Escola (#ciee), que possui o programa Aprendiz Legal, e o Site Nacional de Empregos (Sine). São confiáveis também os sites das empresas que oferecem a oportunidade de trabalho.