O Futebol não é para todos e entre milhares de crianças que sonham ser futebolistas, são poucas as que seguem em frente. Algumas por falta de talento, e muitos outros por falta de oportunidade. Milhares já foram rejeitadas, quando crianças, pelas escolas dos clubes. Alguns desistiram, outros persistiram. Dez deles são hoje estrelas mundiais e poucas pessoas sabem que, no passado, eles foram negados por alguns dos mais importantes times do mundo. O caso de Messi [VIDEO] na Argentina é bem famoso, mas existem alguns casos bem desconhecidos de estrelas mundiais que foram rejeitadas por clubes que hoje em dia devem estar bem arrependidos. Veja a lista:

10. Luke Shaw

Foi um dos defensores mais caros do Manchester United, mas quando tinha oito anos, foi mandado embora do Chelsea.

O time londrino não o quis e ele acabou lutando no Southampton. Hoje brilha no time de José Mourinho.

9. Mario Balotelli

Foi um dos jovens mais promissores do mundo, mas por algum motivo, sua carerira acaba sempre ficando estagnada. Quando tinha 16 anos, ele tentou sua sorte no Barcelona, mas acabou não ficando. Ele fez um jogo, apontou cinco gols e provou sua qualidade. O Barcelona falou que poderia ter assinado com ele, que Mario tinha qualidade suficiente. No entanto, não aconteceu por causa do comportamento do jogador, o que não surpreende ninguém.

8. Diego Costa

Antes de se estabelecer como um dos mais temíveis atacantes no futebol mundial, Diego Costa quase não conseguiu entrar em jogo. No Brasil, o atacante do Atlético de Madrid jogou nas ruas e só aos 15 anos ele teve propostas de clubes.

Porém, ele acabou sendo rejeitado por todos eles, incluindo Corinthians, Palmeiras e Santos, antes de se dirigir para a Europa, onde se juntou ao Braga, de Portugal. Depois, chegou ao Atlético e na seleção da Espanha.

7. Marcus Rashford

É um dos mais talentosos e promissores jogadores do mundo e já é um dos indiscutíveis de Mourinho no Manchester United. No entanto, ele poderia estar jogando do outro lado da cidade. Quando tinha nove anos, ele foi rejeitado pelo Manchester City, que o achou demasiado pequeno e magrinho. Entretanto, o garotinho cresceu e provou que eles estavam muito errados.

6. Harry Kane

O genial atacante inglês é a estrela do Totenham, mas já foi negado pelo Arsenal. O time inglês achou que ele era pequeno demais, mas no Totenham ele vem provando que é o maior goleador da Inglaterra. Arsène Wenger já admitiu que eles nunca deveriam ter perdido esse craque.

5. Javier Zanetti

Ganhou cinco vezes o campeonato da Itália, a Champions e a Copa da UEFA no Inter de Milão.

Porém, o eterno capitão do time italiano não teve vida fácil para chegar ao topo. Na sua Argentina, ele foi negado pelo Independiente, que não quis o defensor por ser "franzino demais". Sua perda foi certamente o ganho do Inter.

4. Yaya Touré

Mais um gênio que escapou do Arsenal, e esse aí já tinha 20 anos. Ele fez um particular com o time e Wenger falou, no final, que ele era "mediano" e por isso não o quis. Pouco depois, ele deu mais sorte no Barcelona e no Manchester City, onde vem fazendo uma carreira sensacional.

3. Ronaldo

Nem mesmo o Fenômeno teve um início facilitado. O genial brasileiro tentou sua sorte no seu time do coração, o Flamengo, mas não encantou. Acabou se juntando ao Cruzeiro e desde aí partiu para o mundo. Com 17 anos, ele assinou pelo PSV Eindhoven e a partir daí começou sua história de sucesso, que fazem dele um dos melhores de sempre.

2. Zidane

Ele ainda jogou com o Fenômeno, e seu início não foi tão diferente assim. O treinador do Blackburn Rovers disse sobre o francês: "Por que você quer Zidane quando temos Tim Sherwood?". Quem? Deve ser mesmo esse o pensamento dos adeptos dos Rovers, quando veem a excecional carreira de Zidane [VIDEO] e aquilo que ele poderia ter feito no seu time.

1. Messi

Naturalmente, no topo dessa lista tinha que estar Lionel Messi. Sem dúvida, ele é um dos melhores da história e sua carreira ganha ainda mais força, porque ele precisou lutar muito e cruzar o mundo para ser a lenda que é hoje, no Barcelona. Na Argentina, onde nasceu, ele foi rejeitado pelo Newell's Old Boys e pelo River Plate, porque não quiseram pagar um tratamento de mil dólares mensais pelo gênio, que tinha um problema de crescimento. Messi atravessou o oceano e tentou sua sorte no Barcelona, onde foi aceito com 12 anos. Eles pagaram esse tratamento e, certamente, Messi já valeu cada dólar investido.