O São Paulo conquistou nesta sexta-feira (25), seu quarto título da Copa São Paulo de Futebol Júnior, ao vencer o Vasco nos pênaltis após empate em 2 a 2 no tempo normal. Antes da bola rolar para a decisão, uma bela atitude dos jogadores do São Paulo chamou a atenção e rendeu elogios até de torcedores rivais.

Publicidade
Publicidade

Na partida contra o Mirassol, ainda válida pela fase de oitavas de final, o meia-atacante Antony dedicou seu gol marcado para pequena Larissa Martins, de apenas seis anos e apaixonada pelo clube. Ela luta contra um câncer no cérebro e por conta do tratamento, perdeu dos cabelos. Nesta sexta, pouco antes da final, a menina visitou o elenco são-paulino e os jogadores, como homenagem, também decidiram raspar os cabelos. O encontro foi registrado pela assessoria de imprensa do Tricolor e divulgado nas redes sociais.

Pequena torcedora ao lado dos jogadores (Divulgação SPFC).
Pequena torcedora ao lado dos jogadores (Divulgação SPFC).

O jogador Morato foi o único que não cortou o cabelo no CT. O atleta perdeu uma irmã justamente por conta de um câncer no cérebro e deixou para que a menina cuidasse do seu corte.

Torcedora pé quente vê São Paulo conquistar o quarto título

A presença da pequena Larissa deu sorte para o São Paulo, que conquistou seu quarto título da competição, justamente no ano em que ela completa 50 edições.

Melhor no primeiro tempo, o São Paulo abriu o marcador aos 38 minutos quando Antony, mesmo marcado por dois jogadores adversários, encontrou espaço para mandar a bola na área.

Publicidade

Gabriel Novaes, de cabeça, desvia para o gol para o fundo das redes. O Tricolor ampliou o marcador aos sete minutos da etapa complementar, quando Antony foi lançado em profundidade, ganhou na corrida de Gabriel Norões e bateu para o gol para fazer 2 a 0.Em desvantagem, o Vasco foi com tudo em busca da reação, perdendo grandes chances de descontar, até que aos 30 minutos, Lucas Santos, em bela cobrança de falta, descontou para os cariocas. O empate veio oito minutos mais tarde, quando após cruzamento Tiago Reis, livre na área, matou no peito e, frente a frente com o goleiro, não perdoou e estufou as redes.

Com o empate, a disputa foi para as penalidades, onde brilhou a estrela do goleiro Thiago Couto, que pegou duas cobranças vascaínas e ajudou o Tricolor a fechar a série em 3 a 1. “A Larissa é uma fã do São Paulo, a gente soube que ela estava em um momento difícil”, disse o jogador do São Paulo, se referindo ao fato da pequena torcedora ter perdido os cabelos. “Fizemos o mesmo (raspar a cabeça). O mais importante é tirar um sorriso dela”, completou.

Publicidade

Leia tudo